1. Início
  2. / Construção
  3. / Avanço significativo na nova ponte Brasil e Paraguai: 45% da construção da Ponte Bioceânica concluída
Tempo de leitura 2 min de leitura Comentários 0 comentários

Avanço significativo na nova ponte Brasil e Paraguai: 45% da construção da Ponte Bioceânica concluída

Escrito por Bruno Teles
Publicado em 29/01/2024 às 17:02
Avanço significativo na nova ponte Brasil e Paraguai: 45% da construção da Ponte Bioceânica concluída
Foto: Divulgação/Ponte Bioceânica

As obras da Ponte Bioceânica, uma iniciativa chave para fortalecer o comércio entre Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, alcançaram um marco importante com 45% de sua construção concluída. Este projeto intercontinental promete impulsionar significativamente o comércio e a logística na América do Sul.

A construção da Ponte Bioceânica, que liga o Brasil ao Paraguai sobre o Rio Paraguai, está progredindo rapidamente. Esta ponte, parte de uma rota maior que conecta quatro países sul-americanos, é uma estrutura estaiada de 1.294 metros de comprimento, sendo um dos projetos de infraestrutura mais ambiciosos da região.

Detalhes da construção da Ponte Bioceânica

A ponte possui um trecho estaiado de 630 metros com um vão livre de 350 metros no centro, facilitando a navegabilidade do Rio Paraguai. Sua construção incorpora tecnologias modernas e design inovador, visando não apenas a eficiência logística, mas também a estética e a integração ambiental.

Até o momento, 45% da obra foi concluída, com previsão de entrega para o primeiro trimestre de 2025. O progresso inclui a finalização de pilares chave e a instalação de vigas longarinas protendidas, cruciais para a estrutura da ponte.

Impacto econômico e logístico da Rota Bioceânica

A rota bioceânica é estratégica para o desenvolvimento econômico de Brasil, Paraguai, Argentina e Chile. Para o Brasil, facilitará as exportações da região Centro-Oeste, enquanto o Paraguai, sem acesso direto ao oceano, se beneficiará enormemente deste corredor logístico. Argentina e Chile também verão melhorias significativas no comércio e na atividade portuária.

O projeto, com um custo estimado de 85 milhões de dólares, é financiado pela Itaipu Binacional do lado paraguaio, refletindo o compromisso com o avanço da infraestrutura regional.

Desenvolvimentos complementares e futuros planos

Além da ponte, estão sendo realizadas obras complementares em ambos os países. No Paraguai, está prevista a pavimentação do último trecho da rota bioceânica. No Brasil, estão em andamento as obras de acesso à ponte em Porto Murtinho, incluindo a construção de alfândegas e melhorias nas vias de transporte.

Com a conclusão da ponte e das obras associadas, espera-se um aumento significativo na eficiência do comércio e na integração econômica entre os países da América do Sul. Este projeto não só fortalece as relações bilaterais, mas também promove um crescimento econômico sustentável na região.

Inscreva-se
Notificar de
guest
❗❗❗Faça login para poder postar links, fotos, conectar com pessoas e muito mais. Seu perfil pode ser visto por mais de 1 milhão de usuários todos os dias😉
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Bruno Teles

Falo sobre tecnologia, inovação, petróleo e gás. Atualizo diariamente sobre oportunidades no mercado brasileiro. Sugestão de pauta? Manda no brunotelesredator@gmail.com

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x