Após determinação do governo, Petrobras publica convocação para acesso ao Terminal de Regaseificação de Gás Natural de Pecém, no Ceará

Flavia Marinho
por
-
18-09-2021 13:27:19
em Petróleo, Óleo e Gás
petrobras - pecem - bahia - ceará - gás Terminal de regaseificação Petrobras

O gasoduto integrante do terminal possui 19,1 km de extensão e 20 polegadas de diâmetro, interligando o TR-PECEM ao gasoduto Guamaré-Fortaleza.

A Petrobras publicou, ontem (17/9), em fato relevante, a convocação para o processo de acesso excepcional ao Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito de Pecém, no Ceará (TR-PECEM), e suas instalações associadas.

Leia também

Segundo o comunicado, o processo visa dar cumprimento à determinação da Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG), nos termos do Ofício nº 14/2021/CREG-MME de 09/08/2021, de que a Petrobras possibilite o acesso imediato e simplificado ao TR-PECEM ao agente que comprovar expertise e der início à operação em menor prazo, sendo tal requisito verificado através da comprovação de disponibilidade de FSRU (navio regaseificador) para atracação ao terminal.

Petrobras informa que o modelo contratual ora proposto foi concebido em caráter excepcional, no contexto da situação de crise hídrica no país, para atendimento da determinação da CREG.

Processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia encontra-se na etapa final

O processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA) e instalações associadas encontra-se na etapa final, aguardando o término do prazo de recursos, tendo a empresa Excelerate Energy Comercializadora de Gás Natural Ltda. (Excelerate) sido declarada a vencedora da licitação.

Para mais informações acesse este link

Sobre o terminal de Pecém da Petrobras

O TR-PECEM está localizado no Píer 2 do Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante-CE. A vazão máxima de regaseificação do TR-PECEM é de 7 milhões m³/d (@ 1 atm e 20°C).

O gasoduto integrante do terminal possui 19,1 km de extensão e 20 polegadas de diâmetro, interligando o TR-PECEM ao gasoduto Guamaré-Fortaleza.

Petrobras inicia fase de venda da Deten Química, localizada no Polo Industrial de Camaçari, na Bahia

Em comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira (16/09), a Petrobras informa que concluiu a fase não vinculante referente à venda da totalidade de sua participação acionária de 27,88% na Deten Química, localizada no polo industrial de Camaçari, no estado da Bahia. A companhia está iniciando hoje a fase vinculante do projeto.

A estatal já concluiu a fase não vinculante iniciada em julho. Segundo a Petrobras, os potenciais compradores da empresa localizada no Polo de Camaçari, no estado da Bahia, habilitados para essa fase receberão carta-convite com instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes.

A Deten fabrica e comercializa as principais matérias-primas para a produção de detergentes biodegradáveis líquidos e em pó. De acordo com a Petrobras, a empresa localizada no Polo de Camaçari, no estado da Bahia, é a única produtora nacional do Linear Alquilbenzeno (LAB), precursor do Ácido Linear Alquilbenzeno Sulfonato (LABSA), do qual também é fabricante e que atua como componente ativo do detergente doméstico de lavar louças. A companhia produz ainda o Alquilado Pesado (ALP), utilizado em aditivos lubrificantes e óleo têxtil.

A Petrobras reforça que a operação de venda da empresa localizada no Polo de Camaçari, no estado da Bahia, está alinhada à estratégia de otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe