MENU
Menu
Início A incrível tecnologia do Japão na construção de pontes; As pontes Tsunoshima e Eshima seguem fazendo história no oriente

A incrível tecnologia do Japão na construção de pontes; As pontes Tsunoshima e Eshima seguem fazendo história no oriente

11 de dezembro de 2023 às 17:08
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
A incrível tecnologia do Japão na construção de pontes; As pontes Tsunoshima e Eshima seguem fazendo história no oriente
Habilidade e tecnologia do Japão em construir incríveis pontes (Foto: Divulgação)

As pontes Tsunoshima e Eshima são exemplos da habilidade do Japão em combinar soluções práticas e tecnológicas avançadas, respeitando cronogramas e orçamentos. Elas simbolizam a capacidade do país de criar estruturas que não apenas atendem às necessidades funcionais, mas também enriquecem a paisagem e contribuem para o turismo e a economia local.

A tecnologia do Japão na construção de pontes é, sem dúvida, um modelo de inovação e eficiência para o mundo. Conhecido por sua vanguarda tecnológica, tem se destacado no setor de construção civil com megaconstruções impressionantes, especialmente no que diz respeito à construção de pontes. Duas dessas estruturas, as pontes Tsunoshima e Eshima, são exemplos perfeitos da excelência japonesa em engenharia e arquitetura.

Pontes Tsunoshima e Eshima: beleza e inovação

Inaugurada em 2000, a ponte Tsunoshima custou aproximadamente 130 milhões de dólares e rapidamente se tornou um ícone de beleza arquitetônica no Japão. Situada em um cenário paradisíaco, ela conecta a cidade de Shimonoseki à ilha Honshu, atravessando o mar do Japão. A ponte Eshima, por sua vez, demandou um investimento de 200 milhões de dólares e é conhecida por sua arquitetura peculiar, sendo a terceira maior ponte de estrutura rígida do mundo.

Artigos recomendados

Tecnologia do Japão e desafios na construção desses megaprojetos

As pontes japonesas são notáveis não apenas por sua estética, mas também pela tecnologia empregada em sua construção. A ponte Eshima, por exemplo, foi construída com um método de montagem em balanço, permitindo a extensão do píer enquanto equilibra as margens esquerda e direita. E além, a fundação do píer principal utilizou uma estaca prancha metálica com diâmetro de cerca de 31 metros, uma das maiores do Japão.

Além de facilitar o transporte e o comércio, as pontes Tsunoshima e Eshima se tornaram atrações turísticas por si só. A Tsunoshima, frequentemente mencionada como a ponte mais bonita do Japão, atrai mais de 900.000 visitantes anualmente. A Eshima, além de seu papel crucial na economia local, também ganhou destaque em comerciais de televisão, destacando sua inclinação íngreme e impressionante arquitetura.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x