42,8% dos transportadores devem demitir funcionários até o final deste mês

Roberta Souza
por
-
08-05-2020 10:38:37
em Logística e Transporte
transportadoras, caminhões, demissões, funcionários transportadoras, caminhões, demissões, funcionários

É possível, que até o final de maio, 42,8% das empresas transportadoras tenham realizado redução no quadro de funcionários

Dados da segunda rodada de Pesquisa de Impacto no Transporte – Covid-19, publicados no último dia 04, informaram que ainda que transportadoras tentem manter os empregos, 33% já precisaram realizar demissões devido as consequências trazidas pelo coronavírus. Das empresas que ainda não fizeram cortes (54,3%), 18,1% pretendem concretizar o ato. Portanto, é possível que até o fim de maio, 42,8% dos transportadores tenham demitido funcionários.

Veja ainda outras notícias:

De acordo com o Site PortoseNavio, dos transportadores entrevistados que já realizaram demissões, 72,7% demitiram até 49 empregados; outros 11,1% realizaram a demissão de cem ou mais empregados.

O levantamento dos dados foi realizado com 600 empresas de transporte de cargas e de passageiros de todas as modalidades, entre 20 e 24 do último mês, onde a primeira fase da pesquisa foi divulgada no início deste mês.

A segunda rodada da pesquisa, realizada pela CNT, revela agravamento da crise, com consequências diretas sobre os empregos. De acordo com o presidente da CNT, Vander Costa, “apesar de entender a importância das medidas já adotadas para reduzir os impactos da crise, os transportadores acreditam na necessidade da aplicação de medidas de apoio mais consistentes. É fundamental que essas medidas sejam aplicadas a todas as empresas, independentemente de seu porte. Só assim será possível assegurar empregos e manter a operação dos serviços de transporte, essenciais para o abastecimento do país”.

Dados da 2ª rodada:

Demissões:

  • 33% dos transportadores já precisaram realizar demissões;
  • 42,8% devem realizá-las até o final de maio;
  • 72,7% das demissões foram de até 49 empregados; 11,1%, de cem ou mais;

Suspensão de Contratos:

  • 33% dos transportadores já suspenderam contratos de trabalho temporariamente;
  • 47,5% devem suspendê-los até o final de maio;
  • 52,5% das suspensões foram em contrato de até 49 empregados; 23,2%, em contrato de mais de cem empregados;

Redução da Jornada e do Salário:

  • 33,2% dos transportadores optaram pela redução da jornada de trabalho e de salários, proporcionalmente
  • 60,8% optaram pela redução de 25%; 49,7%, pela redução de 50%; e 30,7%, pela redução de 70%
  • Entre os transportadores que já aplicaram a redução da jornada, 43,2% acreditam na necessidade de realizar novas reduções.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe