MENU
Menu
Início URGENTE! Primeiro navio de cruzeiro híbrido-elétrico do MUNDO está sendo desenvolvido e vai operar na Antártica

URGENTE! Primeiro navio de cruzeiro híbrido-elétrico do MUNDO está sendo desenvolvido e vai operar na Antártica

19 de fevereiro de 2024 às 22:06
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
navio, híbrido, elétrico
Foto: reprodução ASENAV

O novo navio híbrido-elétrico, chamado Magellan Discoverer, está previsto para ser entregue em 2026

O Chile está na vanguarda da engenharia marítima e turismo sustentável com a construção do primeiro navio híbrido-elétrico de cruzeiro de propulsão elétrica híbrida nas Américas, destinado a operar na Antártica. O navio, chamado Magellan Discoverer, está sendo construído no estaleiro ASENAV, com entrega prevista para 2026.

A cerimônia de corte de aço do Magellan Discoverer, realizada em 8 de fevereiro em Valdivia, Chile, marca um marco importante para o país. O navio híbrido-elétrico expande a construção anterior do estaleiro Magellan Explorer, entregue em 2019, ambos comercializados pela Antarctica21, empresa de turismo chilena pioneira em viagens para a Antártica.

Artigos recomendados

Características do navio híbrido-elétrico Magellan Discoverer

Com 6.700 toneladas brutas, o Magellan Discoverer contará com um sistema de propulsão híbrido-elétrico, dois motores principais e grupos geradores MAN. A propulsão será realizada por unidades ABB Azipod e o navio terá um sistema de armazenamento de energia com banco de baterias da Corvus Energy, proporcionando uma operação mais suave e silenciosa.

O navio híbrido-elétrico terá 308 pés (94 metros) de comprimento, cumprindo as especificações da classe de gelo Polar PC6 e os padrões de emissão Tier III. Com capacidade para 96 passageiros, o Magellan Discoverer oferecerá 40 cabines de passageiros, incluindo suítes, cabines de luxo e ocupação individual, todas com varandas privativas. Serão seis decks de passageiros, incluindo área de jantar, reuniões, salas, bar de observação, academia e sauna, além de um laboratório de ciências úmido exclusivo e uma área de observação da proa.

Sustentabilidade e eficiência energética

O navio híbrido-elétrico foi projetado para maximizar seu desempenho energético e reduzir seu impacto ambiental. Os elevadores serão equipados com um sistema de captura de energia de frenagem, alimentando o conjunto de baterias. Todos os equipamentos hidráulicos utilizarão óleo biodegradável e o sistema de refrigeração será eco-friendly.

O Magellan Discoverer representa a tendência emergente de adicionar luxo ao mercado tradicional de cruzeiros de exploração. Seu primeiro programa antártico está programado para começar em dezembro de 2026, prometendo uma experiência única e sustentável para os viajantes que desejam explorar o Continente Branco.

Como funcionam navios sustentáveis?

Navios sustentáveis são embarcações projetadas e operadas de forma a minimizar seu impacto ambiental e maximizar a eficiência energética. Esses navios incorporam uma série de tecnologias e práticas que visam reduzir as emissões de gases de efeito estufa, melhorar a eficiência no consumo de combustível e proteger os ecossistemas marinhos.

Muitos navios sustentáveis são equipados com motores de baixa emissão ou tecnologias de propulsão elétrica, híbrida ou movida a energia solar e eólica. Navios sustentáveis são projetados para serem mais eficientes no consumo de combustível, por meio de tecnologias como cascos aerodinâmicos, sistemas de recuperação de calor, e controle de velocidade para otimizar o consumo de energia.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Para confirmar a sua inscrição e receber notificações quando alguém responder seu comentário, coloque o e-mail no-reply@clickpetroleoegas.com.br na lista de contato confiáveis, as vezes a mensagem pode cair na caixa de lixo/spam, então verifique nestas pastas também.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x