Menu
Início Um antigo navio de carga foi transformado em recife artificial ao largo de Key Biscayne na Flórida, com intuito de promover a vida marinha e o turismo de mergulho

Um antigo navio de carga foi transformado em recife artificial ao largo de Key Biscayne na Flórida, com intuito de promover a vida marinha e o turismo de mergulho

29/05/2024 às 16:15
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Um antigo navio de carga foi transformado em recife artificial ao largo de Key Biscayne na Flórida, com intuito de promover a vida marinha e o turismo de mergulho
Ophelia Brian Foto: Ávido Mergulho/Divulgação

Um navio de carga com 64 metros de comprimento, anteriormente chamado Sea Taxi, foi afundado para se tornar um recife artificial. Renomeado para Ophelia Brian, em homenagem ao benfeitor que possibilitou essa transformação, o navio agora servirá como habitat marinho e ponto turístico de mergulho.

O navio Sea Taxi, apreendido pela Guarda Costeira em 2005 devido a um caso de tráfico de drogas, estava parado há anos e quase se tornou uma embarcação abandonada. Dois anos antes do naufrágio, ele foi comprado e preparado para se tornar um recife artificial. O Ophelia Brian foi afundado ao largo de Key Biscayne em 2010, uma área próxima ao condado de Miami-Dade, na Flórida, conhecida por seus recifes e popular entre mergulhadores.

O processo de transformação do Sea Taxi em recife artificial começou com a perfuração de vários buracos na linha d’água do navio. No momento do afundamento, as tampas de madeira desses buracos foram removidas, permitindo que a água inundasse rapidamente o navio, fazendo-o afundar de forma controlada.

Artigos recomendados

Criação de recifes artificiais como o Ophelia Brian ajuda

Miami-Dade, na Flórida, enfrenta muitos desafios para manter seus recifes naturais, que sofrem com o estresse e a pressão de uma área tão desenvolvida. A criação de recifes artificiais como o Ophelia Brian ajuda a aliviar essa pressão, fornecendo habitat adicional para peixes e outras formas de vida marinha.

Além dos benefícios ambientais, o Ophelia Brian também se tornará um importante ponto de mergulho turístico. Miami-Dade já é conhecida como uma das capitais mundiais do mergulho em recifes, e o novo recife artificial só fortalecerá essa reputação.

Navio desceu de forma limpa e se acomodou no fundo do mar a uma profundidade de 35 metros na proa

Durante o afundamento, o navio desceu de forma limpa e se acomodou no fundo do mar a uma profundidade de 35 metros na proa e 32 metros na popa. Com o tempo, espera-se que o navio seja coberto por vida marinha, tornando-se um recife vibrante e um destino imperdível para mergulhadores.

O programa de recifes artificiais de Miami-Dade é altamente reconhecido e o Ophelia Brian é mais uma adição valiosa. Além de apoiar a vida marinha, esses recifes artificiais atraem turistas, beneficiando a economia local e promovendo a conservação dos recursos naturais.

A criação de recifes artificiais a partir de navios afundados é uma forma eficaz de reciclar embarcações antigas, proporcionando novos habitats marinhos e oportunidades de recreação para mergulhadores. Com o tempo, o Ophelia Brian se tornará um recife florescente e um exemplo de como a intervenção humana pode ajudar a preservar e proteger nossos oceanos.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x