PetroRio renegocia com a Chevron os próximos pagamentos da compra de fatia no Campo de Frade

Roberta Souza
por
-
17-06-2020 09:55:09
em Petróleo, Óleo e Gás
frade, petrorio, chevron frade, petrorio, chevron

As empresas fixaram um novo cronograma de amortização dos pagamentos, referente a fatia no Campo de Frade

A PetroRio, companhia brasileira do setor de óleo e gás e a americana Chevron, renegociaram os termos de contrato da venda de 51,74% do campo de Frade e da plataforma que opera no local.

Veja ainda outras notícias:

O contrato original tinha principal remanescente de US$ 142 milhões, com um perfil de amortizações de US$ 77 milhões em setembro de 2020 e aproximadamente US$ 64 milhões em março de 2021, a uma taxa de 5,82% ao ano. O novo perfil de amortizações, que passa a vigorar imediatamente, prevê US$ 15 milhões em novembro de 2020, US$ 30 milhões em maio de 2021 e US$ 97 milhões em novembro de 2021 a uma nova taxa de juros de 7% ao ano.

A brasileira adquiriu a fatia em janeiro do ano passado. Contudo, com o cenário adverso no setor de óleo e gás, a petroleira optou pela renegociação no financiamento. A medida visa uma “melhora substancial na liquidez de curto e médio prazo” e “maior equilíbrio na gestão de caixa da companhia”.

“A negociação dos referidos instrumentos, que aconteceu no contexto da pandemia de covid-19, possibilitará uma melhora substancial na liquidez de curto e médio prazo e, consequentemente, um maior equilíbrio na gestão de caixa da companhia”, informou a PetroRio.

A empresa relatou que a aquisição representou etapa importante da execução de sua estratégia, reduzindo significativamente os custos de produção e permitindo atingir o custo de extração do petróleo de US$ 17,3 por barril.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos