Menu
Início Petrobras fecha acordo de 3,6 bilhões para encerrar investigações nos Estados Unidos.

Petrobras fecha acordo de 3,6 bilhões para encerrar investigações nos Estados Unidos.

28 de setembro de 2018 às 07:21
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Petrobras afirma que terá mais lucros no próximo trimestre

Segundo a estatal este acordo vai consentir 80% dos valores deste contrato, sendo investidos no Brasil.

A Petrobras anunciou ontem (27/09) que fechou alguns acordos para que sejam encerradas as investigações do DOJ (Departamento de Justiça) e da SEC (Securities and Exchange Commission), nos USA, relacionados aos registros contábeis, controles internos e demonstrações financeiras da estatal durante o período de 2003 a 2012.A petroleira afirma que também efetuará acordo com o MPF (Ministério Público Federal), “uma vez que os fatos subjacentes foram desvendados por meio de investigações da Operação Lava Jato coordenada pelas autoridades brasileiras”.

De acordo com a companhia, isso irá permitir que 80% dos valores acordados com a DOJ e a SEC possa ser investidos em nosso país. Os acordos atendem aos melhores interesses da companhia e de seus acionistas e põem fim a incertezas, ônus e custos associados a potenciais litígios nos Estados Unidos.Ainda segundo a entidade petrolífera os acordos encerram integralmente as investigações das autoridades norte-americanas. Pelas clausulas a Petrobras pagará nos Estados Unidos 85,3 milhões de dólares ao DOJ e 85,3 milhões de dólares a SEC.

Aditivamente, 682,6 milhões de dólares dos acordos destinam se às autoridades brasileiras, sendo este valor depositado pela Petrobras em um fundo especial para serem utilizados conforme instrumento que será assinado com o MPF.

A instituição irá identificar como provimento dos acordos o valor de 853,2 milhões de dólares, estimando em 3,6 bilhões de reais, já incluindo tributos nas apresentações financeiras do 3° trimestre de 2018.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR