Parques eólicos viram prioridade nos projetos do Ministério de Minas e Energia

Roberta Souza
por
-
27-04-2020 19:06:44
em Energia Renovável, Uncategorized
parques eólicos, usinas, energia parques eólicos, usinas, energia

Parque eólico na Serra de Seridó, estado da Paraíba, de posse da empresa EDF Renewables foi definido pelo Ministério de Minas e Energia como investimento prioritário e produtor independente de energia com a instalação de seis centrais eólicas que preveem a geração de 190,6 MW de potência nas usinas, contando com cerca de 62 aerogeradores. As obras no parque eólico tem previsão de início em 2023 e conclusão em 2024.

Veja ainda:

Além disso, as usinas conseguiram isenção de encargos PIS/PASEP e Confins de R$ 71,4 milhões, através da aprovação do projeto junto ao Regime Especial para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi), com isso, o aporte total para o parque eólico atingiu em torno de R$ 806,6 milhões.

O Ministério de Minas e Energia também deu atribuição à Neoenergia, aprovando mais cinco eólicas do Complexo Oitis, nas cidades de Dom Inocêncio e Casa Novas, ambas no Estado do Piauí. A previsão é que as usinas gerem, somadas, cerca de 242 MW, com as 44 unidades geradoras. O projeto que pretende finalizar no final de 2022 irá arrecadar R$ 1,3 bilhão em recursos e já conta com cerca de R$ 134,5 milhões também aprovados pelo Reidi.

Além dos investimentos já citados acima, o MME também aprovou outros projetos. No município de Tanque Novo, na Bahia, que prevê a geração de cerca de 5,3 MW com um investimento de R$ 91,5 milhões. No Estado do Rio Grande do Norte, com a usina fotovoltaica de Serrado do Mel II, com 20 MW de potência através de 20 novos módulos fotovoltaicos e investimento de R$ 67,6 milhões.

Por último e também no estado de Rio Grande do Norte, no município de Pedro Avelino, o MME e o Reidi aprovaram a central eólica de Monte Verde VI, num total de R$ 230,5 milhões, sem os encargos. A central contará com onze aerogeradores, que juntos tem a capacidade de gerar 46,2 MW de potência.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos
fwefwefwefwefwe