Menu
Início PAINEL SOLAR DUPLA FACE, melhor e mais barato que os módulos fotovoltaicos convencionais

PAINEL SOLAR DUPLA FACE, melhor e mais barato que os módulos fotovoltaicos convencionais

4 de abril de 2024 às 12:16
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Painel solar de dupla face - painel solar - energia solar - painéis solares
Foto: Dall-e

Cientistas estão trabalhando constantemente em novos módulos fotovoltaicos mais eficientes e baratos. A ideia do painel solar dupla face é se diferenciar dos demais ao gerar quase metade a mais de eficiência.

Não há dúvidas de que, nos últimos anos, a energia solar fotovoltaica experimentou significativos avanços tecnológicos. A inovação é constante, e a mais recente delas é o desenvolvimento de painéis solares bifaciais, os quais geram mais energia. A melhor parte é que são mais econômicos do que os módulos fotovoltaicos tradicionais. O painel solar dupla face é aquele painel conhecido no mercado como módulo bifacial. Se é a primeira vez que você está ouvindo falar nessa solução, o painel dupla face é basicamente uma placa solar que gera energia dos dois lados.

Ao contrário dos módulos fotovoltaicos convencionais, o módulo bifacial é capaz de captar luz solar tanto pela frente quanto pelo verso.

Artigos recomendados

Módulos fotovoltaicos bifaciais podem gerar até 30% a mais de energia

Foto: Canal Solar/Reprodução

O painel solar bifacial pode gerar até 30% mais energia em comparação aos módulos convencionais. O aumento na produção energética depende da maneira como o módulo fotovoltaico é instalado, bem como da capacidade de reflexão da superfície sobre a qual está posicionado.

Superfícies menos reflexivas resultarão em um ganho adicional menor, enquanto superfícies altamente reflexivas podem aumentar significativamente a produção energética dos módulos fotovoltaicos. Assim, quanto mais clara e reflexiva for a superfície, maior será o rendimento.

Os painéis solares bifaciais estão conquistando cada vez mais espaço no mercado, e agora estamos à beira de uma nova era dessa tecnologia. Atualmente, a maioria dos módulos fotovoltaicos é produzida com células solares de silício cristalino, uma tecnologia que oferece um fator de bifacialidade relativamente mais baixo.

Como funciona o painel solar dupla face?

Se pegarmos um datasheet de um módulo fotovoltaico bifacial e olhar o seu fator de bifacialidade, esse fator é de 70%. Isso significa que a parte traseira dos módulos fotovoltaicos podem gerar até 70% da energia que a parte frontal é capaz de produzir, ou seja, quanto maior a bifacialidade, maior será o aproveitamento da irradiação solar do lado posterior e consequentemente teremos uma maior potência sendo gerada pelo módulo fotovoltaico.

Os pesquisadores utilizaram a perovskita e não silício na produção de seu painel solar dupla face. Foram fabricados dispositivos de perovskita bifaciais usando nanotubos de carbono de parede única como eletrodos frontais e traseiros e essa parte de fabricação é um pouco mais complexa.

Esses nanotubos de carbono de parede única oferecem alta transparência, condutividade e estabilidade e é aqui que está a grande diferença. Essas características permitem que as células fotovoltaicas de perovskita bifaciais alcancem um fator de bifacialidade superior a 98%. E não para por aí, segundo o estudo, o custo de materiais dessas células de perovskita bifaciais, totalmente baseado em eletrodo de carbono, é  70% menor quando comparado com o dispositivo monofacial.

Isso quer dizer que na busca por soluções mais baratas para acelerar a energia solar fotovoltaica pelo mundo e também para democratizar, os painéis solares bifaciais podem ser uma excelente solução.

Módulos fotovoltaicos podem gerar mais de 36 MW por centímetro quadrado

O time responsável pelo estudo possuía cientistas do Instituto de Tecnologia Avançada de Surrey, no Reino Unido, junto a colegas da Universidade de Cambridge, da Academia Chinesa de Ciências, da Universidade Xidian e da Universidade de Zhengzhou, na China.

Segundo Jing Zhang, pesquisador do Instituto de Tecnologia Avançada de Surrey, seus módulos fotovoltaicos bifaciais podem coletar a luz solar dos painéis frontal e traseiro. Isso gera mais energia e depende menos do ângulo em que a luz as atinge. Vale mencionar que o painel solar dupla face pode gerar mais de 36 MW por cm².

Inscreva-se
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
2
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x