O que não pode faltar ao gerenciar uma frota de veículos

Paulo Nogueira
por
-
06-04-2021 07:06:38
em Logística e Transporte
Frota de veículos gerenciamento Frota de Vans/ Fonte Pixbay

A gestão da frota é um desafio para a maioria das empresas, pois muitas vezes não está ligada diretamente ao negócio principal da companhia

Gestão de frotas é o termo que se usa para abordar o gerenciamento de veículos utilizados por uma empresa de transportes, coletas ou prestação de serviços. Ao contrário do que muitos pensam, o gerenciamento da frota não se aplica somente a empresas grandes, com números expressivos de veículos. Toda empresa que utilize algum veículo para realizar entregas ou prestar serviços deve ter um gerenciamento.

Mas, como gerenciar uma frota de veículos? Veja aqui 6 pontos importantes que não podem faltar no gerenciamento de frota de veículos!

O que é a gestão de frotas?

A gestão de frotas são todos os dados, planos e estratégias sobre os veículos da empresa, utilizados a fim de reduzir custos e riscos, utilizando a frota com mais eficiência a serviço da empresa.

Gerir uma frota significa controlar os processos baseado em informações e dados coletados, como a maneira que os motoristas dirigem, o estado e manutenção dos veículos, a quantidade de combustível gasta, as rotas que estão sendo seguidas, a quilometragem rodada, entre outros.

Estes dados ajudam a tomar melhores decisões, economizar custos e resolver problemas de maneira mais fácil e eficiente. Quando a gestão de frota é bem realizada, fica mais fácil descobrir se algum dos processos está causando muitos gastos e se o potencial da frota está sendo aproveitado corretamente.

Gestão da frota: o que não pode faltar

Manutenção preventiva dos veículos

Levar os veículos para a manutenção somente quando há um problema pode ser uma atitude que irá gerar custos mais altos do que realizar a manutenção preventiva. Isso se dá porque, muitas vezes, só percebemos o problema no automóvel quando já está bem avançado.

Realizar a manutenção preventiva, além de diminuir gastos, pode garantir a segurança dos motoristas de sua frota. Reparos corretivos no veículo geram custos maiores, além de atrapalhar o cronograma de transporte da empresa, podendo gerar prejuízos ou insatisfação dos clientes.

Os motoristas podem fazer parte da manutenção preventiva, preparando um checklist e verificando todos os itens inclusos antes de iniciar uma viagem. Assim, os problemas poderão ser identificados de maneira mais rápida, evitando reparos mais complexos e problemas e/ou acidentes.

Seguro para frotas

Mesmo com os veículos em dia com a manutenção, acidentes, furtos, roubos, colisões e problemas podem acontecer. Ter um seguro auto para frotas pode ajudar na economia de recursos e na proteção dos motoristas.

Além de assegurar a empresa em caso de furtos e roubos, o seguro auto oferece assistência 24h para problemas envolvendo mecânica, elétrica e outros, como pneu furado, chave danificada.

Em casos de acidentes envolvendo terceiros, o seguro oferecerá a cobertura dos danos nos veículos, além de atendimento em caso de feridos na colisão.

Gerenciamento de rota

Negligenciar a roteirização é uma das falhas mais graves na gestão de frotas. É importante realizar essa tarefa para a diminuição de custos, principalmente com manutenção e combustível.

Tendo acesso às informações sobre a distância, tipos de rotas possíveis, se são pavimentadas e seguras, ou a quantidade de pedágios no percurso, o gerenciamento de frota de veículos pode ser feito de uma forma que permita uma viagem mais eficiente e segura para o motorista.

Documentação em dia

Durante a gestão de frotas existe uma obrigação relevante: manter a documentação dos veículos em dia, assim como pagar as taxas e tributos necessários.

IPVA, Seguro Obrigatório, ICMS, entre outras taxas e compromissos são passíveis de juros e multas caso não sejam pagos na data correta, podendo até levar à apreensão dos veículos, o que irá gerar prejuízo para a empresa.

Capacitação dos motoristas

Oferecer treinamento aos motoristas é essencial, pois se torna uma forma de extrair o melhor de cada um dos profissionais, melhorando o desempenho da equipe. Treinamentos que envolvam cuidados com os veículos, direção defensiva e leis de trânsito são ótimas questões a serem levantadas e repassadas ao time de condutores.

Além disso, prestar atenção na saúde de sua equipe de motoristas pode ser uma forma de aumentar a eficiência da frota. Os motoristas trabalham cerca de 12h por dia no Brasil, executando movimentos repetitivos.

Orientações sobre saúde preventiva, alimentação, exercícios físicos, sono adequado e técnicas de direção podem ser medidas que garantem maior produtividade, preservando a saúde dos motoristas.

Software de gestão de frotas

Com tantos veículos, motoristas e dados para coletar e analisar, o profissional que cuida da gestão da frota pode contar com a tecnologia a seu favor. Assim, a tarefa ficará ainda mais eficiente, reduzindo erros. Os softwares de gestão de frotas ajudam no acompanhamento de atividades, com agilidade, controle e praticidade.

Por: Andreia Silveira, editora no SeguroAuto.org. 

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.
fwefwefwefwefwe