Menu
Início O ‘pacote histórico’ da COP28: O fim da era dos combustíveis fósseis ou uma nova oportunidade para os intervenientes no gás e no GNL?

O ‘pacote histórico’ da COP28: O fim da era dos combustíveis fósseis ou uma nova oportunidade para os intervenientes no gás e no GNL?

13 de dezembro de 2023 às 15:11
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
gás natural, GNL, petrolíferas, petróleo
O futuro pós-petróleo: os desafios legais da transição energética e os compromissos históricos para a eliminação progressiva dos combustíveis fósseis – FOTO: ©2023 OFF Shore Energy

Explorar resultado da COP28: vitória climática ou mais gás e GNL? Descarbonização em foco, batalha pela sobrevivência e segurança energética.

Em meio à crescente pressão para reduzir as emissões de carbono e a transição para fontes de energia renovável, os combustíveis fósseis continuam a dominar o mercado de energia global. No entanto, as discussões sobre a eliminação progressiva do carvão, petróleo e gás estão criando tensões entre os negociadores da COP28. Apesar disso, o acordo histórico para abandonar a anterior posição de linha dura em relação aos combustíveis fósseis pode ser uma virada importante para a transição energética global. No entanto, há preocupações de que o texto final deixe brechas que permitam a continuação do uso de gás natural e GNL, além de potenciais litígios adicionais que complicariam as coisas para as empresas petrolíferas e de petróleo.

Resultado da pesquisa do LinkedIn sobre combustíveis fósseis

Entrar em consenso sobre uma linguagem mais forte sobre combustíveis fósseis tem sido muito difícil na COP28. Houve tanta luta pela sobrevivência nesta batalha. A sugestão para o texto final implicar uma eliminação progressiva de todos os combustíveis fósseis teve uma baixa adesão, com apenas 8% de apoio.

Artigos recomendados

Simon Stiell no encerramento da COP28

No encerramento da COP28, Simon Stiell explicou que esta conferência é apenas um começo, não o fim, para eliminar gradualmente os combustíveis fósseis. Este é um compromisso histórico e todos, governos e empresas, devem transformar esses compromissos em ações para a economia real, sem demora.

Texto final de negociações climáticas

O texto final sugere uma eliminação progressiva dos combustíveis fósseis e um compromisso para evitar subsídios ineficientes às petrolíferas.

Críticas ao resultado da COP28

A ausência de uma eliminação progressiva dos combustíveis fósseis no texto final foi vista como uma vitória para as grandes empresas petrolíferas, mas também como um ponto de virada na batalha pela sobrevivência contra a crise climática.

Como a COP28 afeta o futuro dos combustíveis fósseis

O texto final aponta para uma transição energética, com restrições à produção e consumo de combustíveis fósseis. No entanto, há preocupações com menções ao gás natural e ao GNL, que podem atrasar a transição para energia limpa.

Líderes mundiais comentam o resultado da COP28

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, vê o acordo como um avanço para reduzir as emissões e acelerar a transição energética. No entanto, destaca a importância de combater as emissões de metano e outras emissões não-CO2.

Reações dos ambientalistas sobre o resultado da COP28

O resultado é considerado um sinal importante sobre o abandono dos combustíveis fósseis, mas com lacunas e falta de financiamento para uma transição justa e financiada.

Impactos geopolíticos e desafios financeiros

A COP28 pode desencadear uma nova onda de desafios legais para projetos de petróleo, gás e GNL, à medida que o mundo se encaminha para um futuro energético sustentável. A transição energética apresenta desafios legais e financeiros.

Próximas incursões ambientais

O Azerbaijão foi escolhido como o anfitrião da COP29 e o Brasil como o anfitrião da COP30, marcando novas etapas para a agenda verde durante as negociações climáticas.

Redes sociais da Offshore Energy

Acompanhe o mercado de energia fóssil da Offshore Energy nas redes sociais: LinkedIn, Facebook, Twitter e Google Notícias – Energia Offshore.

Você gostou deste conteúdo?

Não deixe de compartilhar e deixar o seu feedback!

Fonte: © OFF Shore Energy

Inscreva-se

Notificar de


guest


Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.

0 Comentários


Feedbacks
Visualizar todos comentários

0 0 Votos
Avalie o Artigo

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x