1. Início
  2. / Energia Renovável
  3. / O mundo de olho na China após eletrificar assim seu deserto: energia para países inteiros
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 0 comentários

O mundo de olho na China após eletrificar assim seu deserto: energia para países inteiros

Escrito por Noel Budeguer
Publicado em 15/06/2024 às 17:27
Energia - energia solar - energia renovável - painéis solares
O mundo de olho na China após eletrificar assim seu deserto: energia para países inteiros

Descubra como a China revolucionou a energia solar com a maior usina do mundo em Xinjiang, cobrindo mais de 80.000 hectares e fornecendo bilhões de kWh por ano

China conectou à rede o que é considerado a maior usina de energia solar do mundo no noroeste de Xinjiang. A usina, que cobre uma área de 80.937 hectares, tem uma capacidade de produção anual de 6,09 bilhões de kWh.

A nova usina está localizada nos desertos perto da capital da região, Ürümqi. Começou a operar nesta segunda-feira (3 de junho) e está sendo administrada pela Corporação de Construção de Energia da China, uma empresa estatal.

A usina, que cobre uma área de 80.937 hectares, tem uma capacidade de produção anual de 6,09 bilhões de kWh. Fonte: Reuters.com

Xinjiang: Lugar ideal para energia renovável

Xinjiang, oficialmente conhecida como a Região Autônoma Uigur de Xinjiang, é uma região autônoma da República Popular da China (RPC). Está localizada no noroeste do país, servindo como um cruzamento entre a Ásia Central e a Ásia Oriental.

Xinjiang é a divisão de nível provincial mais extensa da China por área e a oitava subdivisão de país maior do mundo. Estende-se por mais de 1,6 milhões de quilômetros quadrados e tem uma população de aproximadamente 25 milhões de habitantes. Faz fronteira com o Afeganistão, Cazaquistão, Quirguistão, Mongólia, Paquistão, Rússia, Tajiquistão e Índia.

Com uma população censada de 4 milhões em 2020, Ürümqi é a segunda maior cidade do noroeste interior da China depois de Xi’an e a maior cidade da Ásia Central em termos de população. Desde a década de 1990, Ürümqi tem experimentado um desenvolvimento econômico significativo e atualmente funciona como um centro regional de transporte e um centro cultural, político e comercial.

Capacidade de geração de eletricidade solar do país

A nova usina de energia é apenas o último desenvolvimento na região, reforçando ainda mais a crescente capacidade de geração de energia solar da China. Dados publicados no ano passado pela Administração Nacional de Energia da China revelaram que a capacidade de geração de eletricidade solar do país cresceu impressionantes 55,2% em 2023. Os números destacam mais de 216 gigawatts (GW) de energia solar que a China construiu durante o ano.

De acordo com o rastreador de energia solar do Global Energy Monitor, as duas maiores instalações solares operacionais estavam anteriormente localizadas no oeste da China. Estes eram o projeto solar do deserto Ningxia Tenggeli do Longyuan Power Group e o complexo solar Golmud Wutumeiren da China Lüfa Qinghai New Energy, ambos com uma capacidade de 3GW.

A região de Xinjiang, com sua baixa densidade populacional e abundantes recursos solares e eólicos, é um local ideal para grandes bases de energia renovável que transmitem a maior parte de sua energia a longas distâncias para a densamente povoada costa oriental da China. Este projeto não só fortalece a infraestrutura energética da China, mas também sublinha seu compromisso com a sustentabilidade e a transição para energias renováveis.

A inauguração desta gigantesca usina solar é um marco significativo nos esforços globais por uma energia mais limpa e sustentável, destacando a liderança da China no setor de energias renováveis.

Fonte: www.reuters.com

Inscreva-se
Notificar de
guest
❗❗❗Faça login para poder postar links, fotos, conectar com pessoas e muito mais. Seu perfil pode ser visto por mais de 1 milhão de usuários todos os dias😉
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Noel Budeguer

De nacionalidade argentina, sou redator de notícias e especialista na área. Abordo temas como ciência, petróleo, gás, tecnologia, indústria automotiva, energias renováveis e todas as tendências no mercado de trabalho.

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x