MENU
Menu
Início O maior desafio da história: esta reserva de hidrogênio possui combustível para séculos; no entanto, abri-la de maneira inadequada poderia desencadear um caos climático

O maior desafio da história: esta reserva de hidrogênio possui combustível para séculos; no entanto, abri-la de maneira inadequada poderia desencadear um caos climático

13 de abril de 2024 às 16:58
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
hidrogênio - mineração - risco climático - catástrofe climática - Energia sustentável - Impacto ambiental
Descubra o risco climático de extrair hidrogênio subterrâneo. Esse combustível sustentável pode acelerar o aquecimento global?

Descubra o risco climático de extrair hidrogênio subterrâneo. Esse combustível sustentável pode acelerar o aquecimento global?

O aquecimento global é uma ameaça constante que, graças à busca por novos combustíveis como hidrogênio e fontes inéditas de energia, estamos começando a enfrentar — embora a velocidade com que avançamos seja outra questão.

O mundo se encontra numa situação complicada no que tange aos combustíveis. A poluição tem gerado situações difíceis de assimilar para o planeta. Neste contexto, acabou de ser descoberto um reservatório de energia para milênios (como você lê). No entanto, abri-lo poderia acelerar as mudanças climáticas em vez de enriquecer nosso mix energético com uma fonte limpa e sustentável. Por que dizemos isso? Não importa apenas o que procuramos, mas também como acessamos isso e, sobretudo, como o extraímos.

Artigos recomendados

Temos um combustível que duraria séculos: você ouve falar dele todos os dias, hidrogênio

O combustível do qual falamos é um sobre o qual você ouve todos os dias, especialmente no campo da automação: o hidrogênio. Foram encontradas reservas de hidrogênio suficientes para alimentar toda a civilização por séculos.

Um relatório do Serviço Geológico dos EUA defende que há hidrogênio natural suficiente preso no subsolo para satisfazer a demanda por centenas de anos. Geoffrey Ellis, do Serviço Geológico dos Estados Unidos, afirmou em uma reunião da Associação Americana para o Avanço da Ciência, realizada recentemente em Denver, que há até 5,5 trilhões de toneladas de H em depósitos subterrâneos espalhados pelo mundo.

O hidrogênio é um elemento que está na lista das grandes promessas para combater a crise energética e ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa. Nesse contexto, alguns meses atrás, veio à luz que a mina de cromita de Bulqizë, na Albânia, é capaz de produzir mais de 200 toneladas de hidrogênio por ano.

Explorar o hidrogênio encontrado de maneira natural (hidrogênio geológico ou dourado) pode representar a maneira mais limpa e econômica de obtê-lo.

Os “fogos eternos” do Monte Quimera em Yanartaş (Türkiye). A emissão de misturas de metano e hidrogênio abióticos foi registrada há mais de 2.500 anos. Carole Raddato/Wikimedia Commons, CC BY-SA

O aquecimento global continua sendo uma ameaça

Ellis passou muito tempo realizando um estudo que ainda não foi publicado. Nele, ele contará os detalhes sobre os surpreendentes resultados que agora vislumbrou, embora indique que pode não ser fácil acessar esse gás. “É provável que a maior parte do hidrogênio seja inacessível”, ele comentou para o Financial Times.

“Mas uma pequena porcentagem de recuperação ainda forneceria toda a demanda prevista (500 milhões de toneladas por ano) por centenas de anos”, declarou. Segundo ele, os depósitos de hidrogênio são excepcionais e podem ter sido gerados pelo contato de determinados materiais ricos em ferro com a água subterrânea. No entanto, em alguns casos, o H pode não estar na sua forma mais pura.

Nesses casos, ele pode vir acompanhado de outros gases, como o metano, tendo que ser separados. Sua extração libera metano na atmosfera, que é a parte “escura” da notícia. É importante lembrar que o metano é um gás de efeito estufa 85 vezes mais potente que o dióxido de carbono em um ciclo de duas décadas.

Apesar desse dado, o cientista defende que ele tem um grande potencial para ser mais ecológico que o próprio hidrogênio verde.

O problema: extraí-lo de maneira inadequada poderia acelerar as mudanças climáticas

De fato, ninguém ignora que esse reservatório de hidrogênio está nas entranhas da Terra. O que podemos fazer para acessá-lo? Explorações anteriores em depósitos similares foram feitas de duas maneiras muito diferentes entre si:

  • Com enormes perfuradoras que acabam gerando emissões contaminantes na atmosfera.
  • Com maquinaria pesada, mas impulsionada com combustíveis renováveis (hidrogênio ou elétricos).

Quanto à planta de processamento — da qual você deve lembrar que já falamos outras vezes —, a única solução sustentável é que funcione com energias renováveis. Somente dessa forma, estaríamos falando de hidrogênio verde, azul ou dourado, e não do fúcsia ou do marrom, que de forma alguma convêm.

Por essa razão, embora esse combustível possa ter uma reserva abundante, o possível aceleramento do aquecimento global desanima alguns especialistas.

Inscreva-se
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
1
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x