Menu
Início Lula sugere mediação da Celac para evitar medidas unilaterais e dialoga com Maduro

Lula sugere mediação da Celac para evitar medidas unilaterais e dialoga com Maduro

9 de dezembro de 2023 às 14:01
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Luiz Inácio Lula da Silva, Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), Essequibo, Governo Lula, Guiana, Lula, Nicolás Maduro‬‬, Venezuela
Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante reunião privada com o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro, no Palácio do Planalto (Fotos: Ricardo Stuckert/PR) – Todos os direitos: EPBR

Na manhã deste sábado (9/12), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi contatado pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, para tratar da tensão com a Guiana pela disputa do território de Essequibo, segundo informações do Planalto.

Lula, durante a conversa, destacou a importância de evitar ações unilaterais que possam agravar a situação.

Artigos recomendados

Segundo nota divulgada pela Presidência da República, Lula transmitiu a crescente preocupação dos países da América do Sul com a questão do Essequibo, expôs os termos da declaração sobre o assunto aprovada na Cúpula do Mercosul e assinada por Brasil, Uruguai, Paraguai, Argentina, Colômbia, Peru, Equador e Chile, e recordou a longa tradição de diálogo na América Latina e que somos uma região de paz.

Presidente Lula reforça mediação do conflito

Luiz Inácio Lula da Silva enfatizou a importância da mediação do conflito envolvendo a Venezuela e a Guiana. Ele sugeriu a mediação do presidente de turno da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), Ralph Gonsalves, como forma de buscar uma solução pacífica para a questão.

O presidente Lula reiterou que o Brasil está à disposição para apoiar e acompanhar essas iniciativas, conforme informou o comunicado oficial. A escalada da situação entre os dois países tem gerado preocupações na região, e a declaração sobre o assunto por parte do ex-presidente brasileiro evidencia a importância de buscar alternativas diplomáticas para resolver o impasse.

Venezuela aprova anexação em referendo

No último domingo, os venezuelanos aprovaram a anexação do território em um referendo com participação de 10 milhões de eleitores. Essa decisão gerou um novo panorama geopolítico na região, com repercussões significativas para os países vizinhos e a longa tradição de diálogo entre as nações sul-americanas.

Maduro ordena criação de estado e exploração de petróleo

O presidente Nicolás Maduro ordenou a criação de um estado em Essequibo, divulgando um novo mapa da Venezuela que inclui o território contestado. Além disso, criou a PDVSA Essequibo e determinou a exploração e produção de petróleo na área. Maduro também solicitou uma lei que dê prazo de três meses para as petroleiras suspenderem as atividades no local, fato que tem gerado preocupações adicionais na região.

Reações da Guiana e dos Estados Unidos

O presidente da Guiana, Mohamed Irfaan Ali, reagiu acionando o Conselho de Segurança da ONU e pedindo apoio do governo dos Estados Unidos. Este último conduziu exercícios militares no país em resposta às ações de Maduro, o que indica um aumento da tensão na região. A situação permanece em evolução, e a necessidade de uma mediação efetiva é evidente para evitar uma escalada ainda maior do conflito.

 

Fonte: EPBR


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar