Estaleiro Brasfels, de Angra dos Reis, negocia com a Sete Brasil para retomar as obras nas sondas Urca e Frade

Flavia Marinho
por
-
15-10-2021 10:25:51
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
brasfels - angra dos reis - estaleiro - construção naval - emprego - keppel Estaleiro Brasfels de Angra dos Reis / Imagem: Renato Oliveira

Negociação da Keppels diretamente com a Sete Brasil visa oficializar a retomada das obras nas sondas Urca e Frade no estaleiro Brasfels em Angra dos Reis (RJ).

A semana encerra com uma ótima notícia para os profissionais da construção naval. Depois do fracasso das negociações com a Magni Partners, Keppel Corporation Limited inicia uma negociação com a Sete Brasil para adquirir as sondas semissubmersíveis Urca e Frade que estão com suas obras 92% e 70% de completação respectivamente mas que seguem no estaleiro Brasfels, de Angra dos Reis, a espera de um desfecho favorável para um repasse á Petrobras.

Leia também

Retomada das obras no estaleiro Brasfels vai gerar muito emprego e renda para Angra dos Reis

A retomada das obras já criou muitos empregos na região e oficializar o contrato ajudaria (e muito), na recuperação do Brasfels e para a cidade de Angra dos Reis-RJ.

Os termos do acordo entre as subsidiárias da Keppels, Fernvale Pte Ltd. e a Fels Offshore Pte Ltd tem o mesmo valor ao ofertado pela Magni Partners (US $ 259.456.692,60) e colocaria um fim na novela de continuação das obras depois do imbróglio com a Magni Partners e o fundo Árabe Mubadala que tiveram as negociações paralisadas.

Pelo acordo o estaleiro Brasfels assumiria as sondas Urca e Frade e depois as repassaria á Petrobras, que já garantiu um contrato a uma taxa diária de US $ 299.000,00 para ambas e também para as drillships Arpoador e Guarapari, que estão no estaleiro Jurong Aracruz (ES).

A nova negociação aparece como uma última e concreta possibilidade de encerramento das obras e manutenção dos empregos que foram criados com sua retomada, depois que a lava jato apontou índices de irregularidades nos contratos e a Sete Brasil entrou em recuperação judicial.

Por – RenatoNavalNews

Outra boa notícia para a construção naval! Estaleiro Ecovix anuncia que está a ponto de faturar obras de reparo e manutenção de navios, que prestam serviços à Petrobras, e muitos empregos serão gerados e preservados na região.

No dia 28 de setembro, o estaleiro de construção naval Ecovix anunciou que há negociações avançadas para mais reparos de navios que prestam serviços à gigante do petróleo brasileiro Petrobras e empregos serão preservados e muitos podem ser gerados. A boa notícia ocorreu durante uma inspeção da juíza Fabiana Gaier Baldino, da 2ª Vara Cível de Rio Grande.

A inspeção dá continuidade ao processo de recuperação do Grupo. O encontro também contou com a participação de representantes do Ministério Público e da Administradora Judicial, a companhia.

A juíza inspecionou todo o trabalho que está sendo desenvolvido no local, com destaque para o reparo no navio Siem Helix I, que chegou ao dique há exatamente um mês. Na ocasião, o estaleiro informou à magistrada sobre as prospecções de novos contratos, e que o Grupo busca diversificar as atividades e gerar mais empregos na área de construção naval.

Grupo Ecovix adiantou que há negociações avançadas para realizar o reparo de mais duas embarcações no Estaleiro naval: o Siem Helix II, navio de estimulação de poços que atua para a Petrobras na Bacia de Campos, assim como o Siem Helix I; e o Seven Waves, da Subsea 7, que também opera com a estatal brasileira, como navio de apoio a dutos (PLSV).

Publicidade




Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.