Cummins pretende fabricar motores a combustão internos movidos a hidrogênio

Valdemar Medeiros
por
-
31-08-2021 12:52:55
em Logística e Transporte
Cummins - motor - hidrogênio - motor a combustão Motores de caminhões movidos a hidrogênio já estão em teste Foto: Divulgação

A empresa Cummins está aplicando investimentos para adaptar um motor a combustão interno e transformá-lo em um propulsor movido a hidrogênio

Quando se fala em hidrogênio para movimentar veículos, as pessoas sempre pensam no uso de células de combustível e sistemas complexos que transformam reações químicas do hidrogênio em eletricidade para a movimentação de motores elétricos. Entretanto algumas empresas, como é o caso da Cummins, estudam um uso mais simples desse combustível em um motor a combustão. Como o combustível é um gás inflamável, poderá ser utilizado em motores de combustão interna apropriados.

Leia também

Presidente do setor de motores da Cummins se pronuncia

De acordo com Srikanth Padmanabhan, presidente do setor de motores da Cummins, a empresa está animada com o potencial do motor a combustão movido a hidrogênio para reduzir as emissões, fornecer desempenho e potência para seus clientes.

Segundo o presidente, a empresa está utilizando todas as novas plataformas de motores com a tecnologias mais atuais para que a densidade de potência seja melhorada, assim como como a eficiência térmica e a redução do atrito, permitindo que a Cummins se livre de limitações de desempenho típicos e compromissos de eficiência ligados à conversão de motores a combustão de gás natural ou diesel em combustível de hidrogênio.

Segundo Padmanabhan, avanços tecnológicos importantes estão sendo observados e a empresa continua avançando. Além disso, também continua otimista para que seja possível trazer esta solução para ao mercado automobilístico. Após a realização de testes com um motor a combustão, a empresa deve dar início à avaliação dos motores em aplicações em rodovias e também em operações off-road, o que garantirá uma mudança mais rápida para a redução de emissões de poluentes.

Motores a hidrogênio da Cummins pode expandir as opções de tecnologia na indústria automotiva

De acordo com Jonathon White, vice-presidente de Engenharia de Negócios de Motores, o programa de motores a hidrogênio tem um grande potencial para expandir as opções de tecnologia disponíveis e alcançar um setor de transportes mais limpo, se juntando às capacidades da empresa em células de combustível de hidrogênio, motores a gás natural e baterias elétricas.

A grande vantagem do uso do motor a combustão movido a hidrogênio é que os donos dos automóveis e as próprias montadoras continuarão utilizando veículos equipados com sistemas de transmissão já existentes, podendo funcionar em quase todo veículo fabricado atualmente.

Além disso, o motor a combustão de hidrogênio da Cummins também será capaz de utilizar como combustível o hidrogênio verde, que é produzido por eletrolisadores fabricados pela empresa com emissões praticamente nulas de CO2 no escapamento e níveis que chegam quase a zero de NOx. O investimento projetado na produção de hidrogênio verde globalmente trará uma oportunidade crescente para a instalação de frotas movidas a hidrogênio utilizando as tecnologias de células de combustível da Cummins ou motores a combustão interno.

Conheça a Cummins

A Cummins atua nos mais variados mercados e está presente em mais de 190 países. A companhia está presente no Brasil desde o início dos anos 70 e chegou em busca de novas oportunidades de negócios.

A sua subsidiária foi instalada na cidade de Guarulhos (SP) oficialmente em 1971. Atualmente a companhia conta com quatro fábricas instaladas na região, voltadas para P&D e produção de motores, geradores, filtros e muitos outros setores.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe