MENU
Menu
Início Com investimento de R$ 950 milhões, a Usiminas iniciou uma obra de reparo para aumentar a eficiência operacional em Minas Gerais e deve gerar 600 vagas de emprego após a conclusão da mesma

Com investimento de R$ 950 milhões, a Usiminas iniciou uma obra de reparo para aumentar a eficiência operacional em Minas Gerais e deve gerar 600 vagas de emprego após a conclusão da mesma

3 de abril de 2024 às 21:37
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Usiminas irá investir R$950 milhões em Minas Gerais para recuperar sua capacidade de produção de coque e criar vagas de emprego na região
Fonte: Usiminas

A Usiminas investe R$ 950 milhões na Coqueira 2 em Minas Gerais, visando recuperar sua capacidade de produção de coque. Com impacto ambiental reduzido, espera-se aumento na produção e competitividade, além da geração de novas vagas de emprego.

A Usiminas anunciou na última segunda-feira, (01/04), um investimento expressivo de R$ 950 milhões em uma obra de reparo na Coqueira 2, localizada em Minas Gerais. O objetivo principal dessa iniciativa é melhorar a eficiência operacional da bateria 3, fortalecendo assim as operações da empresa e impulsionando a produção de coque. Segundo a empresa, espera-se que 600 vagas de emprego sejam geradas após a conclusão do reparo.

As obras tiveram início no final do mês de fevereiro deste ano e devem prosseguir até 2026, totalizando um período de 33 meses de intervenções.

Artigos recomendados

Andamento das obras na Coqueira 2 da Usiminas

Um aspecto importante é que o reparo não interromperá totalmente a produção do equipamento, sendo realizado um revezamento entre os fornos para garantir a continuidade das operações da Usiminas durante o processo de intervenção.

Atualmente, a Coqueira 2 opera apenas com a Bateria 3, visto que a produção foi interrompida em dezembro de 2023, devido à preocupação com o impacto ambiental e o desempenho operacional.

Esta reforma é crucial para assegurar a sustentabilidade operacional nos próximos anos, além de melhorar a qualidade do coque como combustível.

Geração de novas vagas de emprego e desenvolvimento regional

Após a conclusão do reparo, estima-se que serão geradas cerca de 600 vagas de emprego diretas, destacando o impacto positivo desse investimento na geração de novas oportunidades na região.

O vice-presidente de Áreas Primárias da Usiminas, Célio Assis, afirmou que a expectativa é aumentar a produção de coque em 12% após as obras de reparo, além de aumentar a competitividade.

Além disso, é importante ressaltar que o investimento da Usiminas não apenas beneficia a empresa, mas também tem um impacto na economia local do Vale do Aço, fortalecendo o vínculo entre a instituição e a comunidade.

Aproximadamente 60% da mão de obra utilizada nas obras será composta por trabalhadores locais, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região.

O investimento da Usiminas na Coqueira 2 representa um passo importante para garantir a eficiência operacional, a sustentabilidade ambiental e o crescimento econômico da empresa e da região.

Sobre a Usiminas

A Usiminas é uma das principais empresas siderúrgicas do Brasil, com uma história rica e uma posição de destaque no setor.

Fundada em 1956, a empresa tem sua sede em Belo Horizonte, Minas Gerais, e é uma das maiores produtoras de aço da América Latina.

A Usiminas opera em diversas áreas da cadeia produtiva do aço, desde a extração de minério de ferro até a produção de laminados e produtos siderúrgicos acabados.

Ela possui uma variedade de unidades industriais, incluindo usinas siderúrgicas, unidades de laminação e centros de distribuição.

Ao longo dos anos, a Usiminas tem desempenhado um papel crucial no desenvolvimento econômico do Brasil, fornecendo aço para diversos setores, como construção civil, automotivo, metalurgia e bens de consumo duráveis.

Fonte: Histórias Empreendedoras
0 0 Votos
Avalie o Artigo

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x