MENU
Menu
Início China surpreende o mundo com o primeiro voo de uma aeronave movida a hidrogênio

China surpreende o mundo com o primeiro voo de uma aeronave movida a hidrogênio

24 de fevereiro de 2024 às 17:24
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
China surpreende o mundo com o primeiro voo de uma aeronave movida a hidrogênio
Foto: Academia de Aviação Geral de Liaoning

China desenvolve uma aeronave movida a hidrogênio e realiza seus primeiros testes. Com este protótipo de aeronave a hidrogênio o país dá um salto no setor aéreo e se torna pioneiro no mercado.

Marcando um avanço significativo no setor aeroespacial, a China realizou com sucesso, na segunda-feira, 19, em Shenyang, província de Liaoning, o voo inaugural de seu primeiro protótipo de aeronave movida a hidrogênio. Esta aeronave, notável por ser a primeira desenvolvida de maneira independente no país, representa um passo importante na exploração de combustíveis alternativos na aviação.

Aeronave a hidrogênio da China atinge 180 km por hora

A aeronave movida a hidrogênio marca um avanço significativo para o setor aéreo, de acordo com dados da mídia da China. O piloto de teste Xu Xiaoben relatou que a aeronave movida a hidrogênio, com 8 metros de comprimento e capaz de atingir uma velocidade de 180 quilômetros por hora, demonstrou potência suficiente e um nível aceitável de vibração em uma altitude de 200 metros, além de exibir um desempenho satisfatório.

Artigos recomendados

Sun Xiaoping, técnico-chefe da Academia de Aviação Geral de Liaoning, apontou que, diante do crescente foco em energia limpa e da necessidade de reduzir as emissões de carbono, as aeronaves movidas a hidrogênio ganharão preferência na indústria futuramente. Este desenvolvimento sublinha o compromisso da China com a inovação em aviação sustentável e a busca por meios mais ecológicos no transporte aéreo.

Enquanto a economia mundial se esforça para reduzir as fontes de poluição atmosféricas, a área de aviação registrou, nos últimos anos, alta nas emissões de CO2, um aumento de 32% entre 2013 e 2018, período anterior ao começo da pandemia.

Contudo, dados mostram que o hidrogênio virá para desempenhar um papel crucial nas futuras soluções tecnológicas capazes de contribuir para a descarbonização da aviação civil e para a redução das emissões. O principal fato que faz o combustível ser uma solução interessante é o fato de ser possível produzi-lo e consumi-lo sem emitir CO2.

Saiba mais sobre o projeto da aeronave a hidrogênio na China

Sendo pioneira no desenvolvimento de aeronaves elétricas na China, a Liaoning Ruixiang Aircraft testou no último ano uma aeronave movida a hidrogênio. O modelo, que recebe o nome de RX4HE, executou o voo inaugural na província de Shenyang. Esta é a primeira aeronave com essa tecnologia projetada no país.

Com base no avião elétrico RX4e da Liaoning Ruixiang para quatro ocupantes, a aeronave a hidrogênio utiliza um motor turbo automotivo de 2 mil cilindradas da fabricante de carros chinesa FAW adaptado para funcionar com o combustível alternativo, a FAW também estuda usar esse mesmo propulsor em automóveis.

De acordo com o fabricante, o RX4HE tem envergadura de 13,5 metros por 8,2 metros de comprimento. O protótipo testado na China voou com um tanque de alta pressão contendo 4,5 kg de hidrogênio, que segundo a empresa dá ao demonstrador autonomia de uma hora de voo a uma velocidade de cruzeiro de 180 km/h.

Aeronave movida a hidrogênio conta com eficiência térmica de 43 metros

A Liaoning Ruixiang destacou que o motor adaptado para funcionar com hidrogênio apresenta uma eficiência térmica de 43% superior ao propulsor original movido à gasolina, além de ser 40% mais potente. O projeto da aeronave a hidrogênio está em curso desde 2021.

A empresa desenvolve o modelo em parceria com várias entidades da China, incluindo universidades, institutos de pesquisa e a fabricante de carros FAW. A fabricante de aviões elétricos afirma que o protótipo será usado para promover a aplicação do hidrogênio na aviação chinesa.

Fundada em 2010, a Liaoning Ruixiang Aircraft foi a primeira empresa da China a se aventurar no campo dos aviões elétricos. Em 2015, a empresa obteve certificado de tipo do regulador do país para o RX1e, um avião esportivo de dois lugares.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x