Menu
Início Câmbio CVT: De Da Vinci a Reeves, a trajetória do câmbio continuamente variável

Câmbio CVT: De Da Vinci a Reeves, a trajetória do câmbio continuamente variável

3 de dezembro de 2023 às 15:39
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Câmbio CVT: De Da Vinci a Reeves, a trajetória do câmbio continuamente variável
Câmbio CVT (Imagem / Divulgação)

Câmbio CVT, uma inovação que mudou o jeito de dirigir, tudo começou lá atrás, em 1490, com um esboço de Leonardo da Vinci. Mas foi Milton Reeves, em 1879, que botou a mão na massa e criou um sistema de polias ajustáveis, revolucionando a indústria.

O CVT, ou transmissão continuamente variável, é aquele tipo de câmbio que deixa a direção mais macia que manteiga no pão quente. Ele usa polias e uma correia para criar uma sensação de “marchas infinitas”, sem os trancos das trocas de marcha convencionais. E não é só em carros não, viu? As scooters modernas também usam essa tecnologia.

A evolução do CVT e seus desafios

Nos anos 50, a empresa holandesa DAF botou o CVT nos carros, com o sistema Variomatic. Era simples, mas as correias davam dor de cabeça. Só nos anos 80 que a coisa ficou séria, com a invenção de correias mais resistentes, e o Subaru Justy foi um dos pioneiros a usar o CVT moderno.

Artigos recomendados

O CVT de hoje é um negócio eficiente e ajuda a economizar combustível, mas nem todo mundo curte, não. Tem gente que acha a direção com CVT meio sem graça, e algumas montadoras até simulam trocas de marcha para dar uma animada.

Transmissões variáveis na indústria pesada

Na indústria pesada, o CVT também dá as caras, mas de um jeito diferente. Temos a transmissão hidrostática, usada em máquinas como colheitadeiras, e a tração elétrica, comum em trens e navios. Esses sistemas são mais robustos e aguentam o tranco de trabalhos mais pesados.

No mundo dos tratores, a transmissão variável também é um sucesso, a empresa alemã Fendt, por exemplo, criou um sistema que combina hidráulica com engrenagens, mostrando que o CVT pode ser forte e resistente.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar