MENU
Menu
Início Após fechamento do canal de acesso ao Complexo Portuário do Itajaí-Açu, navios estão impossibilitados de atracar, causando prejuízo milionário ao setor marítimo

Após fechamento do canal de acesso ao Complexo Portuário do Itajaí-Açu, navios estão impossibilitados de atracar, causando prejuízo milionário ao setor marítimo

18 de outubro de 2023 às 21:04
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Com navios sem conseguirem atracar no complexo portuário de Itajaí, o setor de transporte marítimo sofre com as consequências causadas pelas chuvas.
Fonte: Mirador FM

Com navios sem conseguirem atracar no complexo portuário de Itajaí, o setor marítimo sofre com as consequências causadas pelas chuvas.

O Complexo Portuário do Itajaí-Açu, vital para o transporte marítimo na região, enfrenta uma séria interrupção há duas semanas. As condições climáticas adversas em Santa Catarina forçaram o fechamento do canal de acesso, resultando em prejuízos expressivos para a navegação. Além de impossibilitar que os navios cheguem até o porto.

Veja como está o Complexo Portuário do Itajaí

Fonte: Leandro LS

Impacto no tráfego de navios

Desde o fechamento no início deste mês, 37 navios enfrentam a impossibilidade de atracar no complexo portuário de Itajaí e Navegantes.

Artigos recomendados

O fechamento foi uma determinação da Marinha do Brasil, devido ao risco elevado de navegação causado pelas intensas chuvas, que resultaram em correntezas perigosas.

Aguardando liberação para atracar

Os navios agora formam uma fila no alto-mar, aguardando a liberação para atracar no complexo portuário.

Além dos 37 navios impedidos de chegar, outros quatro permanecem fundeados no mar.

A situação pode se agravar, por haver 12 navios navegando em direção a Itajaí, aumentando a lista de espera para atracação.

Com navios parados, os prejuízos financeiros são consideráveis

O Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região estima que cada dia de paralisação resulte em prejuízos significativos para um único navio, variando entre 30 mil e 50 mil dólares, equivalente a até R$ 252 mil.

O impacto financeiro se estende para todo o setor, acumulando prejuízos milionários à medida que o tempo de fechamento persiste.

O futuro do setor marítimo e do complexo portuário

Com o rio ainda em alerta, mantendo-se acima dos 6 metros em Blumenau, e a situação ainda sem previsão de quando será normalizada, não há uma data estimada para que os navios enfileirados em alto-mar e aqueles que ainda estão para chegar, consigam finalmente realizar suas manobras e voltarem a ativa nos portos.

O setor do transporte marítimo aguarda e torce por condições climáticas mais favoráveis para retomar suas operações, buscando minimizar os impactos acumulados durante essa prolongada interrupção.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x