Menu
Início ANM aprova projeto da Sul Americana de Metais (SAM) em parceria com a Lotus Brasil para complexo de mineração em Minas Gerais

ANM aprova projeto da Sul Americana de Metais (SAM) em parceria com a Lotus Brasil para complexo de mineração em Minas Gerais

1 de junho de 2022 às 10:48
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
O estado de Minas Gerais contará com mais um projeto no ramo mineral após a aprovação da ANM do futuro complexo de mineração com foco na sustentabilidade, que será instalado pelas empresas SAM e Lotus Brasil na região
Foto: Pixabay

O estado de Minas Gerais contará com mais um projeto no ramo mineral após a aprovação da ANM do futuro complexo de mineração com foco na sustentabilidade, que será instalado pelas empresas Sul Americana de Metais (SAM) e Lotus Brasil na região

Após um longo período de análise pelos órgãos do estado, o Projeto Bloco 8, futuro complexo de mineração que será instalado no Norte de Minas Gerais, pela Sul Americana de Metais (SAM), subsidiária da Honbridge Holdings, e pela Lotus Brasil Comércio e Logística, conseguiu a aprovação da Agência Nacional de Mineração (ANM). Assim, para esta quarta-feira, (01/06), as empresas seguem agora em busca das licitações necessárias para dar continuidade ao projeto no estado.

Complexo de mineração da Sul Americana de Metais (SAM) e da Lotus Brasil recebe aprovação da ANM e empresas seguem em busca das licitações para o projeto 

As empresas Lotus Brasil e Sul Americana de Metais finalmente conseguiram a aprovação da ANM para a continuidade do Projeto Bloco 8, o futuro complexo de mineração no norte de Minas Gerais, e agora seguem para as novas fases da iniciativa. O Plano Integrado de Aproveitamento Econômico (PIAE) do empreendimento, estimado inicialmente em US$ 2,1 bilhões, passou por uma série de mudanças após as alterações na legislação brasileira antes de ser aprovado pela ANM, e agora as empresas seguem em busca das licitações ambientais. 

Artigos recomendados

Ademais, a Lotus Brasil e a SAM já apresentaram os pedidos necessários nas Superintendências Regionais de Meio Ambiente – (Suprams) e Superintendência de Projetos Prioritários (Supri) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Dessa forma, elas aguardam dos órgãos emissão da Portaria de Lavra junto ao Ministério de Minas e Energia para o início da próxima etapa de instalação do complexo de mineração no estado. Assim, o foco atual de ambas é o desenvolvimento da engenharia básica e a obtenção da licença de instalação do empreendimento.

O diretor de engenharia da Sul Americana de Metais , Eder de Silvio, comentou sobre as etapas de desenvolvimento do projeto até a chegada da aprovação e disse: “Os primeiros passos relativos ao documento foram dados em 2012. A análise ficou suspensa por um tempo e, diante das mudanças na legislação, a própria empresa requisitou que a ANM paralisasse os trabalhos para que pudesse atualizar as informações. Neste meio tempo, mais especificamente em agosto do ano passado, o Projeto Bloco 8 passou a ser considerado prioritário no âmbito da Política Pró-Minerais Estratégicos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal”. 

SAM e Lotus Brasil aguardam emissão de portaria de Lavra para dar continuidade ao Projeto Bloco 8 e iniciar a construção do complexo de mineração 

Após a aprovação da ANM para a continuidade do projeto da Sul Americana de Metais e da Lotus Brasil, as empresas aguardam dois licenciamentos ambientais para a emissão da portaria de Lavra. Essa é a última etapa pendente para que as empresas consigam iniciar o plano de obras de construção do complexo de mineração no norte do estado ao longo dos próximos anos. E, com a entrega do documento, elas poderão investir seus esforços na aceleração do projeto de obras mais facilmente.

O empreendimento da Sul Americana de Metais e da Lotus Brasil foi inicialmente denominado “Projeto Salinas”, depois “Projeto Vale do Rio Pardo” e, atualmente, “Projeto Bloco 8”, Além disso, a estrutura será formada por um complexo minerário, uma barragem de água e um mineroduto, com foco na extração do minério de baixo teor (média de 20% de ferro) e a transformação em um produto de alta qualidade, com produção anual de 27,5 milhões de toneladas inicialmente. 

Por fim, as empresas esperam que sejam entregues um total de 6.200 de oportunidades de empregos diretos durante o pico da fase de implantação do Projeto Bloco 8, e mais 1.100 empregos durante a operação, garantindo assim um impulsionamento no desenvolvimento socioeconômico do estado de Minas Gerais. 


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar