MENU
Menu
Início Adeus, internet lenta: Starlink garante velocidade astronômica no seu celular, em qualquer Lugar do Mundo!

Adeus, internet lenta: Starlink garante velocidade astronômica no seu celular, em qualquer Lugar do Mundo!

31 de outubro de 2023 às 18:40
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Starlink promete internet mais rápida do MUNDO no celular e o fim das áreas sem sinal
Foto: Divulgação

Em breve poderemos realizar chamadas por celular e usar a internet móvel através dos satélites da Starlink e não apenas por torres de operadoras comuns, isto é, não dependeremos mais de antenas, podendo utilizar internet via satélite. Essa opção tem algumas vantagens como a sua maior cobertura, podendo utilizar a internet de qualquer lugar como se estivesse em casa.

Segundo informações dos Estados Unidos, a SpaceX está impulsionando o programa para colocar o maior número de satélites em órbita possível até o próximo ano. Isso está relacionado não apenas à conexão padrão da Starlink, mas também à possibilidade de conectar smartphones para obter internet via satélite.

Artigos recomendados

A empresa afirma que seus satélites com “Direct To Cell” permitirão que o usuário mande mensagens de texto, faça ligações e navegue pela Web onde quer que esteja. Seja em terra, lagos ou em águas costeiras, ou seja, no mar aberto ainda não é possível ter conexão com o celular, mas será possível usar o serviço de lugares nunca imaginados pelo homem.

Em 2024, a expectativa da empresa de Elon Musk visa oferecer mensagens de texto por telefone e em 2025 chamadas de voz e dados móveis, além de conectividade com dispositivos IoT. A Starlink afirma que a tecnologia de internet via satélite funcionará em qualquer dispositivo que tenha 4G e em qualquer lugar que tenha acesso ao céu, o que significa que o serviço deve ter uma limitação se você estiver em um lugar fechado ou mesmo debaixo de um teto, visto que funcionará basicamente como uma antena.

O importante é que a empresa indica que é uma nova tecnologia e que não é necessário ter um hardware específico ou diferente e nem mesmo aplicativos para usar a conexão com a internet via satélite, exigindo apenas uma assinatura de plano com a operadora parceira.

Segundo informações oficiais no site da empresa, os satélites da Starlink que operam o serviço Direct to Cell vêm equipados com um modem eNodeB super avançado que atua como uma torre de celular no espaço, possibilitando uma conexão simular com as operadoras de celular padrão.

Este modem é a arquitetura básica de comunicação em rádio que possibilita o 4G, utilizadas por operadoras de rede diversas como Vivo, Claro e Tim. Por ser uma estrutura modular de comunicação, ela pode funcionar também no espaço, onde os satélites estão posicionados.

Essa arquitetura, aliada ao fato dos satélites da empresa de Elon Musk estarem mais perto da terra que os satélites convencionais, possibilita que os usuários tenham conectividade em áreas mais remotas, chamadas de DeadZones, ou mesmo em áreas de sombra em grandes cidades. 

Nova tecnologia pode ajudar a salvar vidas

O próprio Elon Musk afirmou que esta tecnologia pode ajudar a salvar vidas caso a pessoa esteja em algum lugar remoto. Entretanto é importante destacar que a perspectiva é que a conexão de internet via satélite seja algo em torno de 2 a 4 MB por segundo e até então, a Starlink não deu mais informações sobre a velocidade ou algo concreto a ser confirmado.

No site oficial também é informado que a SpaceX já está trabalhando nos foguetes que levarão ao espaço os novos satélites Starlink com a nova tecnologia Direct to Cell.

Os satélites pegarão carona no foguete Falcon 9 e depois na Starchip e, quando estiverem em órbita, se conectarão automaticamente com toda a rede de Starlinks funcionando no céu. Enquanto as parcerias, o que se sabe é que algumas operadoras globais já se aliaram à Starlink, contando com operadoras do Japão, Estados Unidos, Austrália, Canadá e outros. 

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x