1. Início
  2. / Indústria
  3. / A realidade dos mergulhadores que instalam e consertam cabos submarinos, essenciais para nossas comunicações e fornecimento de energia global
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 5 comentários

A realidade dos mergulhadores que instalam e consertam cabos submarinos, essenciais para nossas comunicações e fornecimento de energia global

Escrito por Bruno Teles
Publicado em 22/04/2024 às 13:38
A realidade dos mergulhadores que instalam e consertam cabos submarinos, essenciais para nossas comunicações e fornecimento de energia global
Os bastidores do reparo de cabos submarinos, uma tarefa que mistura alta tecnologia e extremo risco. Foto: Divulgação/MJ

Mergulhadores especializados enfrentam condições extremas sob o mar para consertar e instalar cabos submarinos que são cruciais para a comunicação global e transmissão de energia, garantindo a infraestrutura necessária para conectar o mundo, mesmo em locais remotos e isolados.

Os cabos submarinos formam a espinha dorsal das comunicações globais e da transmissão de energia, com mais de 1.370.000 quilômetros de extensão espalhados pelos oceanos do mundo. A instalação e a manutenção desses cabos exigem não apenas habilidades técnicas avançadas, mas também uma coragem excepcional e resistência física.

Recentemente, as Ilhas Aran, na costa oeste da Irlanda, enfrentaram uma crise energética significativa quando um desses cabos vitais foi danificado. A tarefa de reparo foi confiada à ESB International, que empregou mergulhadores especializados para consertar o cabo sem trazer os conectores de 500 MW à superfície. Este trabalho exigiu o uso de um habitat especial de reparo subaquático, projetado para permitir que os mergulhadores trabalhassem em um ambiente seco, apesar de estarem cercados pelas águas do oceano.

O trabalho dos mergulhadores de cabos submarinos é repleto de desafios

O trabalho dos mergulhadores de cabos submarinos é repleto de desafios. Eles precisam ser treinados intensamente, não apenas para lidar com a pressão física e os riscos do ambiente subaquático, mas também para operar equipamentos complexos em condições extremas. Os mergulhadores muitas vezes vivem em câmaras de pressão especializadas antes e depois das missões para evitar doenças descompressivas.

Além do reparo, a instalação desses cabos também é uma façanha de engenharia

Além do reparo, a instalação desses cabos também é uma façanha de engenharia. Empresa como a Boskalis Subsea utiliza navios especialmente projetados com cascos planos e mesas giratórias de lançamento de cabos que permitem a instalação precisa dos cabos no leito marinho. Técnicas como o uso de arados móveis para enterrar os cabos em águas rasas são essenciais para proteger a infraestrutura vital de danos.

A habilidade e a coragem dos mergulhadores

Cada cabo reparado ou instalado não só fortalece a infraestrutura global, mas também assegura que regiões remotas e isoladas, como as Ilhas Aran, permaneçam conectadas e energizadas. A habilidade e a coragem dos mergulhadores de cabos submarinos garantem que a superestrutura que suporta nossa comunicação global e energia continue funcionando sem interrupções.

O trabalho de reparar e instalar cabos submarinos é uma das profissões mais desafiadoras e vitais no mundo moderno. Requer uma combinação única de coragem, habilidade e inovação tecnológica, mostrando o verdadeiro significado de trabalho sob pressão.

Você já imaginou como é trabalhar centenas de metros abaixo da superfície do mar? Comente abaixo suas impressões sobre a vida e os desafios enfrentados por esses mergulhadores.

Inscreva-se
Notificar de
guest
5 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Bruno Teles

Falo sobre tecnologia, inovação, petróleo e gás. Atualizo diariamente sobre oportunidades no mercado brasileiro. Sugestão de pauta? Manda no brunotelesredator@gmail.com

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x