Início Usina eólica gigante de 300 metros, tão grande quanto a Torre Eiffel, composta por dezenas de turbinas, tem vida útil de 50 anos e promete fornecer eletricidade barata a 80.000 famílias

Usina eólica gigante de 300 metros, tão grande quanto a Torre Eiffel, composta por dezenas de turbinas, tem vida útil de 50 anos e promete fornecer eletricidade barata a 80.000 famílias

11 de abril de 2022 às 09:42
Compartilhe
Siga-nos no Google News
turbinas - vortex - Nordex - siemens - eólicas - offshore - wind - turbines
Wind Catching Systems – Usina eólica offshore gigante de 300 metros com 117 turbinas

Usina gigante é capaz de gerar cerca de cinco vezes a energia anual das maiores turbinas do mundo e será instalada em plataformas de petróleo offshore ocupando 80% menos superfície na água

Um conceito completamente diferente para um parque eólico offshore já foi apresentado na Noruega. A turbina eólica gigante, que excede tanto a Torre Eiffel em largura quanto em altura, é baseada em uma estrutura de treliça quadrada na qual não apenas um aerogerador, mas muitos deles, são montados. Nas imagens do computador, existem 117, cada um com capacidade de um megawatt.

Leia também

As turbinas eólicas já produzem eletricidade de forma econômica hoje, mas novos projetos mostram que a tecnologia está longe de se esgotar. Até agora, os aerogeradores comerciais seguiram a ideia do “moinho de vento”, com um rotor preso a um mastro.

Turbina eólica gigante, composta por dezenas de turbinas, foi especialmente projetada para ser colocada em plataformas offshore

A turbina eólica gigante da Wind Catching Systems, composta por dezenas de turbinas, foi especialmente projetada para ser colocada em plataformas ancoradas em alto mar. Tais plataformas também são usadas para produção de gás e petróleo. Uma vantagem é que elas podem ser arrastadas, então não precisam ser montadas em mar aberto.

De acordo com seus projetistas, esta turbina eólica em particular ocupa aproximadamente 80% menos superfície na água em comparação com as plantas convencionais. “O objetivo era maximizar a geração de energia em uma área concentrada”, apontou a empresa.

“Ficou claro que uma infinidade de turbinas pequenas deram um desempenho muito maior do que uma única turbina grande.” E eles estão atualmente trabalhando nesse conceito. Uma única usina deve ser capaz de gerar cerca de cinco vezes a energia anual das maiores turbinas individuais do mundo, e sua capacidade de gerar energia pode fornecer eletricidade para cerca de 80.000 famílias europeias.

Outra força dessa tecnologia está relacionada à durabilidade. Além da manutenção de baixo custo acima mencionada, o Wind Catcher tem uma vida útil estimada de 50 anos e permitirá que os operadores atinjam, muito antes, os custos que deveriam atingir até 2030 ou 2035.

Entre seus objetivos de curto prazo, estava o de concluir os testes técnicos em 2021 e “oferecer soluções de desenvolvimento comercial a partir de 2022”.

A Wind Catching Systems pertence à Ferd and North Energy, que por sua vez é de propriedade da família bilionária Andresen. As usinas devem ser construídas principalmente pela Aibel e comercializadas em conjunto. A Aibel constrói usinas de produção offshore e terrestres de petróleo e gás, bem como parques eólicos – entre outros, para o maior parque eólico offshore do mundo, o Parque Eólico Offshore Dogger Bank.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes