Usiminas investirá 200 milhões em alto-forno e criará 330 empregos

Usiminas e as obras

Obras de reforma no alto-forno 2 da siderúrgica Usiminas em Ipatinga, Minas Gerais, criarão 330 postos de trabalhos diretos

A Usiminas, usina siderúrgica localizada no Município de Ipatinga, no estado de Minas Gerais, anunciou que investirá R$ 219 milhões este ano e em 2020 em obras de manutenção do alto-forno 2 e melhoria operacional da unidade. Expansão em Porto vai gerar 300 vagas, veja aqui !
Segundo proprietário da usina, o governo do estado de Minas Gerais, os investimentos serão em compra de equipamentos, obras civis para reforma em sistemas de tubulação e coifa e obras no sistema de despoeiramento.

A reunião entre o governo e o comando da siderúrgica que marcou a assinatura do protocolo de intenções aconteceu na quarta-feira (18/09) e foi anunciado também que as obras de reforma do alto-forno 2 criarão 330 postos de trabalho diretos e aumentarão a vida útil da usina em 20 anos.

Investimentos

Logo após esta reforma do alto-forno 2 a administração da Usiminas já vai começar a preparação para a grande parada que ocorrerá a partir de 2021.

Thiago Toscano, presidente do Indi, agência de promoção de investimento do Estado de Minas Gerais, falou sobre a importância do aumento de capacidade da usina, “Com isso, a Usiminas conseguirá aumentar a sua capacidade produtiva já em 2020. O governo acertou o diferimento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para peças importadas sem similar nacional. Esse foi mais um passo para o grande investimento da siderúrgica nos próximos anos, que é a reforma do alto-forno 3”.

O alto-forno 1 consumiu, no ano passado, R$ 80 milhões em obras de reformas, mas a usina não chegou a paralisar a produção, juntos os alto-fornos 1 e 2 produzem 4 mil toneladas de ferro-gusa diariamente.

Já o alto-forno 3 que irá parar para manutenção em 2021, produz sozinho 7 mil toneladas de ferro-gusa diariamente, quase o dobro dos outros dois equipamentos.
O alto-forno 3 também já opera há 20 anos e a intenção é estender a sua vida útil em 20 anos. O investimento total nas reformas está previsto em R$ 1,234 bilhão, confirmando a confiança da Usiminas na retomada do mercado nos próximos anos.

Leia também ! Venda fracionada do botijão de gás ! Os prós e os contras !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)