US$ 6 bi são previstos pela Petrobras para descomissionamento de plataformas offshore até 2024

Descomissionamento

Nos próximos 5 anos, a Petrobras irá desmobilizar 18 plataformas offshore, dutos submarinos e poços de petróleo

A Petrobras informou, segundo seu diretor de Exploração e Produção, Carlos Alberto Pereira de Oliveira, que a previsão para os custos com descomissionamento até 2024 chegue a US$ 6 bilhões. Serão 18 plataformas offshore, dutos submarinos e poços. Veja mais: Petrobras e Constellation firmam contrato para afretamento do navio-sonda Amaralina Star.

De acordo com o diretor, em evento para investidores nos Estados Unidos, a companhia desprenderá tal valor alternando em ativos que precisam ser descomissionados e para dar destino apropriado a cada um deles.

Veja também:

No prazo informado, a Petrobras pretende descontinuar sete unidades semissubmersíveis, seis unidades fixas e cinco FPSOs (Floating Production Storage and Offloading).

Em 2020, a estatal pretende descomissionar sete plataformas: P-07, P-12, P-15, FPSO Piranema e Cação 1,2 e 3. Já em 2021, ano com o maior valor a ser gasto pela empresa, cerca de US$ 2,3 bilhões, as unidades serão: P-26, P-32, P-33 e P-37.

Entretando, no ano de 2022, será a vez do FPSO Capixaba, 2023 o Oeste de Ubarana e 2024, serão cinco unidades: plataformas P-18, P-19, P-20, P-35 e Biquara.

A Bacia de Campos é onde estão a maioria das plataformas, onde a revitalização de poços vem ocorrendo, em especial o Campo de Marlim. Neste campo, o afretamente de novos FPSOs já é previsto.

Se tratando de outras regiões do Brasil, além da região Sudeste e da Bacia de Campos, o Nordeste possui diversas plataformas fixas, que já estão no radar do descomissionamento.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em embarcações e grandes navios. Apesar de pouco divulgado, este é um mercado dinâmico, com boa remuneração e escalas de folgas diferenciadas, em algumas empresas trabalha - se 6 meses por ano apenas.

Se você deseja saber o caminho para se trabalhar em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcante, assista o vídeo revelador que tenha ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.