Turbinas verticais podem aumentar a eficiência dos parques eólicos em até 15%, aponta estudo sobre energia eólica

Estudo da Oxford indica que o uso de turbinas verticais pode fazer com que as usinas eólicas tenham desempenho melhor

Como já era imaginado, ocorreu um pacto entre países que visam reduzir ou até zerar as emissões de carbono até 2050. A energia eólica sairá como a ganhadora nessa “corrida”, visto que ganhará ainda mais espaço nas próximas décadas. Com a evolução da indústria no setor, projetos que prometem gerar energia eólica muito mais barata e eficiente vem ganhando destaque. Um estudo da Oxford Brookes University, mostrou que turbinas verticais são muito mais eficientes em parques eólicos de grande escala.

O mesmo estudo indica que, se colocadas em pares, as turbinas verticais aumentam o desempenho uma das outras em até 15%. O estudo da Oxford Brookes, teve a participação de uma grande equipe de estudantes e pesquisadores, todos liderados pelo professor Iakovos Tzanakis.

Foram simuladas mais de 11.500 horas em um computador para conseguir provar que as usinas de energia eólica podem aumentar significativamente o seu desempenho se migrarem das turbinas eólicas com hélices de eixo tradicional para hélices de eixo vertical, chamadas de (VAWTs).

O estudo provou, pela primeira vez, a superioridade das turbinas verticais em relação aos projetos tradicionais. O estudo descobriu que, ao usar as turbinas verticais em uma linha, o desempenho delas é maximizado.

Quanto mais eficiência em energia eólica, melhor para o meio ambiente

Este estudo evidencia que o futuro dos parques eólicos deve ser vertical. As turbinas de parques eólicos de eixo vertical podem ser projetadas para serem muito mais próximas umas das outras, aumentando sua eficiência e, por fim, reduzindo os preços da eletricidade. No longo prazo, os VAWTs podem ajudar a acelerar a transição verde de nossos sistemas de energia, para que mais energia limpa e sustentável venha de fontes renováveis“, disse Tzanakis.

Um estudo da Global Wind Report mostrou que os países devem instalar parques eólicos três vezes mais rápido na próxima década. Só assim será possível seguir o cronograma de zerar as emissões de carbono.

Este artigo foi publicado em 27 de abril de 2021 15:03

Fábio Lucas: Jornalista brasileiro, amo esportes, notícias e política. Já contribui em diversos outros portais relacionados a esportes, economia e informações regionais.