A Shell planeja comprar parques Eólicos da Eletrobras

A Shell planeja comprar parques Eólicos da Eletrobras

agosto 25, 2018 Off Por Efraim Pereira

A Shell está estudando a compra de parques eólicos que a Eletrobras quer vender para reduzir suas dívidas.

A Eletrobras quer negociar sua atuação na produção de parques eólicos para energia renovável nos estados do Rio Grande do Sul, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Bahia. Os parques serão leiloados no dia 27 de setembro  e segundo informações dos organizadores a concorrência será grande. A Shell está estudando participar do leilão e adquirir a maior parte dos parques. A Eletrobras colocou à venda sua participação no projeto com a intenção de  reduzir suas dívidas. “A gente se sente mais confortável hoje para avaliar alternativas, que podem ser tanto de projetos greenfield (novos empreendimentos) quanto eventualmente uma aquisição”, palavras do Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Armando Casado de Araujo da Eletrobrás.

Parques Eólicos Nacionais

No Brasil assim como em todo o mundo há uma busca para melhorar a distribuição de energia elétrica, porem sem muitos custos como os das fornecedoras convencionais. A solução encontrada e mais estudada pelos especialista é a energia renovável e em específico os parques eólicos. Um parque eólico é um espaço, terrestre ou marítimo, onde estão concentrados vários aerogeradores destinados a transformar energia eólica em energia elétrica. A Shell sempre buscou relações comerciais com o Brasil e esta parceria abre muitas oportunidades de trabalho e negócios.

Os Lotes para o leilão

Serão leiloados cinco lotes e a estimativa em números já alcança um valor mínimo de R$ 3,1 bilhões em lucros. O mais importante é o lote A  chamado SPE Santa Vitória do Palmar Holding que sozinho renderá  R$ 635,6 milhões. No lote B, estão as SPEs Eólica Hermenegildo I, II e III, além da Eólica Chuí IX. Lote C inclui as SPEs Eólicas Serra das Vacas I, II ,III e IV, em Pernambuco. Lote D no Piauí, inclui as SPE Ventos de Santa Joana I, III, IV, V, VII, IX, X, XI, XII, XIII, XV e XVI além da Ventos de Santo Augusto IV. Lote E, F e G no Rio Grande do Norte, inclui no lote E as SPE Usina de Energia Eólica Caiçara I e II, além das Usina de Energia Eólica Junco I e II. No lote F, as Brasventos Eolo, Brasventos Miassaba 3 e Rei dos Ventos 3. No lote G, a Eólica Mangue Seco 2. Lote H na Bahia, inclui as SPEs Pedra Branca, São Pedro do Lago, Sete Gameleiras, Baraúnas I Energética, Mussambê Energética, Morro Branco I Energética, Baraúnas II Energética e Banda de Couro Energética S.A.

Documentos disponibilizado:​
Edital do Leilão Eletrobras n.o
01/2018