Shell iniciará 2020 com a perfuração de Saturno na Bacia de Santos

navio da shell brasil

A Petroleira Shell planeja perfurar poço exploratório, em bloco de partilha, no primeiro trimestre de 2020, na Bacia de Santos

A Shell, empresa global e com forte atuação no Brasil, planeja perfurar primeiro poço exploratório em área da 5ª rodada de partilha, arrematada em 2018, com previsão para o primeiro trimestre de 2020 na Bacia de Santos.  Veja também: Fundo de petróleo da Noruega retira a Petrobras da lista de observação.

A nova campanha será feita na área de Saturno, onde foi arrematado em parceria com a Chevron e mais recentemente com a Ecopetrol, que ingressou depois no projeto.

Veja também:

A data do início das operações depende da liberação de licença ambiental, em que a empresa deu entrada no pedido junto ao Ibama no final do ano passado, após assinar o controto de partilha com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Em Saturno, o que se espera é a perfuração de um poço firme, com possibilidade e outros quatro contigentes, que irão depende do resultado do primeiro. Caso seja positivo, a Shell iniciará as perfurações, não sequenciais, na área, com previsão para o fim do segundo semestre.

O navio utilizado na perfuração será da empresa Constellation, através do navio-sonda Brava Star, que foi afretado em 2018. De acordo com a data em que for feito, a Shell poderá ser a primeira petroleira a perfurar em blocos da 5ª rodada de partilha.

A petroleira esta finalizando a perfuração do primeiro poço exploratório de Alto de Cabo Frio Oeste, em que já foram detectados indícios de petróleo. Além deste, a empresa já realizou a primeira campanha exploratória de Sul de Gato do Mato, também na Bacia de Santos.

Roberta Santiago

About Roberta Santiago

Engenheira de Petróleo, Pós-Graduanda em Engenharia de Comissionamento de Unidades Industriais e com vivência no exterior, possuo experiência com criação de conteúdo voltado ao setor de óleo e gás e de infraestrutura.