Shell fecha com Halliburton para serviços de perfuração na Bacia de Campos e Santos

halliburton Shell Macaé - Bacia de Campos Santos

A petrolífera Shell assinou um contrato de serviços integrados com a Halliburton, para o desenvolvimento do pós-sal e a exploração do pré-sal nas bacias de Campos e Santos, no Brasil.

Sob o contrato, que inclui um prazo de três anos com uma prorrogação de dois anos, a Halliburton fornecerá serviços de perfuração para aumentar a eficiência integrando várias ofertas e tecnologias de produtos, disse o provedor de serviços de campo petrolífero nesta quarta-feira.

“Nosso modelo de serviços integrados é projetado para ajudar a acelerar o desenvolvimento de novos campos, reduzir os custos de perfuração e conclusão e aumentar a recuperação através da utilização de nossas tecnologias inovadoras e insight de bacia”, disse Anouar Fraija, vice-presidente da Halliburton Brasil.

“Estamos entusiasmados em ganhar este contrato e colaborar com a Shell para fornecer soluções integradas que maximizem o valor de seus ativos”.

A Halliburton tem um histórico nos campos do pré-sal do Brasil, que estão entre os poços mais complexos já perfurados, e exigem um amplo escopo de tecnologias e recursos para alcançar o sucesso econômico e operacional.

A Halliburton também mantém um centro de tecnologia no Rio de Janeiro.

Macaé e sua infraestrutura

Apesar de todos o problemas econômicos descadeados pela crise no setor de óleo e gás offshore, não somente em Macaé, mas em todos municípios produtores, a cidade de Macaé ainda detém à infraestrutura remanescente usadas pelas empresas anteriormente e como o lema de hoje é a contenção de custos, principalmente devido à valores mais baixos em contratos Petrobras, muitas optaram por continuar desenvolvendo seus empreendimento na cidade.

Estas mesmas afirmações foram endossadas pelo presidente da Petrobras e do Governador do Rio de Janeiro em vídeo, confiram todos os detalhes desta declaração aqui.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria

Sobre Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.