Início Sextou! Veja quais foram as principais notícias da semana no setor offshore e onshore, energia, indústria, óleo e gás que irão impactar o seu bolso

Sextou! Veja quais foram as principais notícias da semana no setor offshore e onshore, energia, indústria, óleo e gás que irão impactar o seu bolso

24 de junho de 2022 às 09:54
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Sextou! Veja quais foram as principais notícias da semana no setor de offshore, energia, indústria, óleo e gás que irão impactar o seu bolso futuramente - Canva
Saiba o que está movimentando o mundo corporativo – Canva

Um dos destaques da semana foi a empresa Tenenge, que anunciou o fim da sondagem do Terminal Gás Sul (SC), voltado a óleo e gás, que corta 32 km das cidades de Garuva, São Francisco do Sul e Itapoá, em Santa Catarina (SC). 

Acompanhar as principais notícias da semana sobre setor offshore, energia, indústria, óleo e gás é crucial para saber o que está acontecendo no Brasil e exterior, e como isso pode impactar o bolso da população. Tendo isso em vista, o CPG separou uma lista de quais foram as principais delas. 

Tenenge concluiu a sondagem no gasoduto onshore do Terminal Gás Sul (SC); extensão ultrapassa 32km e corta municípios como Garuva, São Francisco do Sul e Itapoá

Por intermédio da assessoria de imprensa, a empresa Teenage anunciou exclusivamente  ao CPG que terminou a sondagem do Terminal de Gás localizado na  Baía de Babitonga, em Santa Catarina (SC). A criação do projeto Onshore foi desenvolvida para diminuir a dependência que o Brasil tem da Bolívia quanto ao fornecimento de gás de cozinha. 

Artigos recomendados

Marco Aurélio Barros, engenheiro e diretor de contrato, afirmou que a obra teve taxa de 3,2% em reparos, comprovando que conseguiram entregar o projeto em pouco tempo com redução exponencial de gastos. 

Ministro se manifesta novamente sobre preços dos combustíveis pela Petrobras: “Não está no controle do governo (…) é difícil para a população entender”

Petrobras realiza novo aumento de preços. Fonte: CNN.

Depois de um novo aumento no preço dos combustíveis, o ministro Adolfo Sachsida, manifestou-se, na última terça-feira, 21 de junho, afirmando que não está a  alcance a população  entender sobre os aumentos  e movimentos do mercado externo.  De acordo com ele, as variações de preços não podem ser controladas pelo governo federal mesmo que estejam entre os maiores acionistas da estatal.

O anúncio aconteceu depois da renúncia do presidente da empresa, Marcos, que vinha recebendo críticas de Jair Bolsonaro e Lira, presidente da Câmara dos Deputados, sobre a sua candidatura “não ser legítima”. A renúncia aconteceu em um momento chave e histórico para a empresa,  quando anunciaram um novo aumento de preços de ao menos 14% sobre o diesel e 5% em cima do litro da gasolina. Agora, Santa catarina oficialmente tem a média do litro de gasolina acima de R$ 8 e tem probabilidade de chegar a mais de  R$ 10 até o final do ano de 2022. Tudo dependerá dos resultados das eleições em outubro e o preço do dólar, que terminou o pregão da última quinta-feira, 23 de junho, em alta a R$ 5,24. 

Multinacionais ‘offshore’ de óleo e gás criam parceria para construção de parque de energia eólica com capacidade de 1 GW

O governo grego informou, durante esta semana, por intermédio de coletiva de imprensa, que tinha o intuito de investir mais de 1,6 bilhões de euros recebidos em doações para que o país consiga realizar a sua transição para a energia solar e eólica. Ou seja, diminuir a sua intensa dependência do uso de combustíveis fósseis, óleo e gás. 

Tendo isso como base, decretaram que investirão tanto em empresas offshore novas quanto as já presentes no mercado com interesse em realizar o financiamento. Assim sendo, a  Parkwind anunciou o início de uma parceria com a Intrakat para a construção de parques de energia offshore flutuantes com valor milionário. O objetivo é aumentar a eficiência energética e fugir do aumento do carvão que chega a 103% em apenas um ano. 

Polisilício, material utilizado para construção de painéis solares fotovoltaicos, tem sua maior alta dos últimos 11 anos

Polisilício, utilizado para a construção de painéis solares fotovoltaicos, está com a sua maior alta dos últimos 11 anos. Tendo isso em vista, o setor de energia renovável tende a ser prejudicado com a inflação ocasionada pela falta de estoque. 

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes