Repsol vende participação de campo à Petrobras

Participação em bloco da Bacia do Espírito Santo vendido pela Repsol à Petrobras, será 100% da estatal

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou ontem (05/12), a cessão de 11,11% para a Petrobras da participação da empresa Repsol no contrato BM-ES-21, bloco ES-M-414, na bacia do Espírito Santo. Veja mais: O setor de petróleo e gás pode experimentar um aquecimento de negócios em 2020, diz executivo.

A Repsol está presente no Brasil desde 1997 e possui ativos nos campos de Sapinhoá, Lapa, Albacora Leste e Sagitário.

Veja mais sobre as empresas:

Recentemente, a companhia assinou contrato com a Halliburton, na área de E&P. A espanhola Repsol contratou os serviços de software da empresa para garantir o gerenciamento de dados em núvem para exploração e produção.

A Petrobras já era detentora dos outros 88,89% do ativo e, com a conclusão da trasação, a petroleira terá 100% , além de operar o bloco. A área em questão foi adquirida na 6ª Rodada de Licitações e teve o contrato assinado em 2004.

Neste mesmo bloco, a Petrobras descobriu acumulações de gás natural, onde foi informado no ano de 2011. Localizados no pós-sal, o poço perfurado foi o 1-BRSA-983-ESS, denominado informalmente de Malombe.

A perfuração de Malombe, a 13 km a sudeste do Campo de Peroá, foi feito em lâmina d’água de 980 metros. Além desse, entre os anos de 2009 e 2014 foram perfurados mais cinco poços no bloco.

Posted Under
Sem categoria