REFIT volta a operar no Porto do Rio de Janeiro

REFIT volta a operar no Porto do Rio de Janeiro

A expectativa é de que o Porto do Rio de Janeiro passe a movimentar cerca de 800 mil toneladas de granéis líquidos por ano

Concluída a fase de testes, a Refinaria de Manguinhos (atual REFIT) voltou a operar no Porto do Rio de Janeiro na tarde de sexta-feira (22), com a embarcação Stena Performance, que descarregou 40.000m³ de granel líquido condensado através dos dutos submarinos, o que corresponde a aproximadamente 26.000 toneladas.

Depois de meses de planejamento e muito trabalho da equipe operacional da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) e da REFIT, essa primeira operação teve êxito total e cumpriu-se, assim, a última etapa exigida pela Marinha do Brasil.

A partir de agora, as embarcações de mesma classe virão a cada 30 dias, em uma primeira fase, com previsão de dobrar essa escala, após os seis primeiros meses de utilização.

Com isso, a expectativa é de que o Porto do Rio de Janeiro passe a movimentar cerca de 800 mil toneladas de granéis líquidos por ano para a REFIT, o que corresponderá a um acréscimo de 214% na movimentação dessa natureza de carga no porto, em relação ao volume registrado em 2018.

Paulo Nogueira

About Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.