Redução de salário de trabalhadores offshore resulta em tumulto na porta do sindicato

Sindicatos dos trabalhadores offshore redução de salário
 

Acordo com a empresa Constellation S.A. (ex-Queiroz Galvão) não é reconhecido e trabalhadores se revoltam contra o sindicato dos Trabalhadores Offshore, em macaé

A Empresa Constellation S.A. (ex-Queiroz Galvão) diz ter um acordo aprovado com o sindicato dos Trabalhadores Offshore (Sinditob) para redução nos salários da ordem de 13,55%, o que resultou em uma manifestação com a invasão de cerca de 100 trabalhadores, que opera três navios sondas na Bacia de Campos, a sede do sindicato nesta segunda-feira (17/12), no bairro Lagomar, em Macaé. Os trabalhadores exigiram uma nova assembléia para discutir o assunto, pois não teriam aprovado tal redução salarial.

Os trabalhadores, alegam que o acordo foi feito a “portas fechadas” entre representantes da empresa e dirigentes do sindicato. O presidente do Sinditob, Amaro Luiz, se defendeu alegando que na assembléia para aprovação da proposta da empresa, não houve comparecimento dos trabalhadores e que a lei favorece a empresa.

Mas o pedido de cancelamento da assembleia acabou sendo atendido, alegando que o baixo número de trabalhadores presentes não era o suficiente para homologar o acordo, apesar de muitos terem dito que o cancelamento foi a pedido do Ministério do trabalho.

O Presidente do Sinditob acabou acatando o pedido dos trabalhadores por uma nova assembléia e desta vez a proposta contra a efetivação do acordo foi aprovada. Durante a nova assembléia na segunda-feira (17/12), Amaro Luiz, disse que está processando os trabalhadores por ofensas e emails de ameaças de uma culpa que não era dele e nem do sindicato.

Pelo lado dos petroleiros, os mesmos denunciaram que foram ameaçados por um dirigente da Constellation, que embarcou em um dos navios, apenas com o propósito de pressionar os trabalhadores e inclusive deu ordem de desembarque ao ter seu pedido negado.

A DOF acaba de ganhar mais dois contratos, um no Brasil e outro na Nova Zelândia ! Leia a matéria completa aqui !

Renato Oliveira

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki) inspecionando e acompanhando técnicas de fabricação e montagem de estruturas/tubulações/outfittings(acabamento avançado) para casco de Drillships