Queiroz Galvão perfura mais um poço na Bacia de Santos

Queiroz Galvão perfura

Navio-sonda Laguna Star, da Constellation (Queiroz Galvão Óleo e Gás), perfura terceiro poço de Atlanta que definirá viabilidade econômica do campo da Bacia de Santos

A Queiroz Galvão Exploração & Produção (QGEP) está realizando uma campanha de perfurações no campo de Atlanta, na bacia de Santos, cuja importância será vital para os planos da companhia no campo.
O navio-sonda Laguna Star, da Constellation (QGOG), está perfurando o terceiro poço do Sistema Antecipado de Produção (SPA) de Atlanta, na Bacia de Santos visando o aumento da produção, a campanha teve início no final de fevereiro e irá durar 3 meses.

Com a produção deste terceiro poço, batizado de 7-ATL-4HB-RJS, a QGEP espera que a produção do campo chegue a 27 Bopd a partir de agosto.

O planejamento da QGEP é que este poço seja conectado em maio ao FPSO Petrojarl I, que já opera em Atlanta interligado a outros dois poços.

Assim que finalizar esta perfuração, o navio-sonda Laguna Star gastará mais 90 dias para realizar uma campanha de intervenção nos dois poços em operação para troca das bombas internas da BHGE, que apresentaram problema logo após o início de produção do sistema em maio.

Durante esta atividade o campo de Atlanta produzirá por dois poços e somente dois meses após a volta da operação dos 3 poços (em agosto) haverá a verificação se os poços serão viáveis ou não.

Sistema Definitivo

Segundo estudos, o primeiro óleo do sistema definitivo de Atlanta, está previsto para o período 2021/2022, e a Queiroz galvão já se utilizaria de um novo FPSO, que ficaria interligado a 12 poços, sendo nove novos além destes 3 do SPA.

Mesmo em Sistema de Produção Antecipada (SPA), o campo de Atlanta vem produzindo média de 13 mil bopd e o FPSO Petrojarl I que opera no local tem capacidade para produzir até 35 mil bopd.

E por falar em Sondas, A Petrobras quer vender Navio Sonda Vitória 10.000 ! Acesse aqui e saiba mais sobre o assunto !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)