Projeto para a construção de dez rebocadores em estaleiro do Pará é aprovado pela Marinha Mercante

Kelly
por
-
10-03-2020 09:08:38
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Projeto para a construção de dez rebocadores em estaleiro do Pará é aprovado pela Marinha Mercante

Sulnorte Rebocadores

Com investimentos de R$ 321 milhões, a Sulnorte recebeu aprovação da Marinha para a construção de rebocadores no estaleiro Rio Maguari, no PA

O Conselho do Fundo de Marinha Mercante aprovou o projeto da Sulnorte Serviços Marítimos para a construção de dez novos rebocadores portuários classe RAmparts 2500. As embarcações serão construídas no Estaleiro Rio Maguari, no PA, e terão 75 toneladas de tração estática (TTE). Os investimentos chegam a R$ 321 milhões. Empresa de logística se instala em Pernambuco para serviços no Porto de Suape.

ANÚNCIO

Leia também

A Sulnorte possui hoje a terceira maior frota de rebocadores do Brasil e está presente nos principais portos do Brasil prestando serviços de apoio portuário e marítimo, atuando em atracação e desatracação de navios, reboques oceânicos e apoio à plataformas de exploração de petróleo e salvatagens.

O objetivo da companhia em construir os novos rebocadores no estaleiro do PA é a renovação de parte da frota, acompanhando a expansão do comércio marítimo brasileiro e se posicionando para participar das soluções logísticas que surgirem.

O Estaleiro Rio Maguari presta serviços de construção naval em aço para barcaças fluviais e oceânicas, empurradores, rebocadores, ferries, catamarãs, barcos de pesca e foi o contemplado para a construção das embarcações da Sulnorte.

Localizado no distrito de Icoaraci, município de Belém, Pará, o Estaleiro Rio Maguari tem acesso privilegiado aos grandes rios da Amazônia e ao Oceano Atlântico, o que permite a otimização da logística no suprimento de insumos e o amplo acesso aos mercados internacionais.

Petrobras confirma chegada da P-71 este mês no Estaleiro Jurong e vagas de emprego devem ser geradas para obras de conclusão

Após contratar estaleiro chinês para construir o casco da P-71, a Petrobras confirmou que o navio-plataforma retorna ao Brasil para obras de comissionamento no Estaleiro Jurong Aracruz, localizado no ES. Saiba mais desse projeto clicando aqui.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags: