Produção de petróleo e gás no Pré-Sal aumenta

Lava Jato pré-sal Petrobras Graça Foster Banco

Produção de petróleo no Pré-Sal em outubro aumentou 4,6% em relação ao mês de setembro, com 2,396 milhões boed produzidos

A produção de petróleo e gás no polígono do Pré-Sal aumentou 4,6% em outubro, totalizando 2,396 milhões de barris de óleo equivalente por dia. Desses, 1,905 milhões bopd de petróleo e 77,6 milhões de m³/d de gás natural. Veja também: Descomissionamento de 10 plataformas offshore no Nordeste.

Em comparação ao ano passado, o aumento da produção foi de 30%. 111 poços foram produzidos no Pré-sal, representando 63% de todo petróleo produzido no Brasil.

Veja também:

Em todo o Brasil, a produção de petróleo e gás em outubro totalizou 3,792 milhões de boed. Esse valor corresponde a um aumento de 1,3% na produção de óleo em relação ao mês anterior e de 2,1% na produção de gás natural.

A produção nacional em outubro foi decorrente de 294 áreas concedidas, 2 áreas de cessão onerosa e 5 de partilha de produção, sendo 72 marítimas e 229 terrestres. Ao todo, foram operadas por 32 empresas. Ainda, do total das áreas produtoras, 9 são relativas a contratos de áreas contendo acumulações marginais.

Os campos operados pela Petrobras produziram 92,9% de todo petróleo e gás natural. Lula, na Bacia de Santos, foi o campo que mais produziu petróleo, com mais de um terço do óleo nacional. O campo produziu uma média de 1,02 milhão de bd de óleo em outubro, 34,5% de todo país.

O garu API médio do óleo produzido foi de 27,5. 3,2% da produção é considerado óleo leve (>=31° API), 86,6% óleo médio (>=22 API e <31 API) e 10,2% óleo pesado (<22 API).

Roberta Santiago

About Roberta Santiago

Engenheira de Petróleo, Pós-Graduanda em Engenharia de Comissionamento de Unidades Industriais e com vivência no exterior, possuo experiência com criação de conteúdo voltado ao setor de óleo e gás e de infraestrutura.