Porto do Açu e Norsul fecham contrato e lançam novo serviço de transporte de cargas marítimo a curta distância em águas nacionais


Porto do Açu e Norsul fecham contrato e lançam novo serviço de transporte de cargas marítimo a curta distância em águas nacionais

A parceria estabelecida entre as empresas Porto do Açu Operações e a Norsul irá viabilizar transporte de cargas “short distance” a partir de junho de 2020

Nesta terça-feira (24), a Companhia de Navegação Norsul e a Porto do Açu Operações anunciaram a consolidação de um contrato para oferecer uma importante atividade ao setor de logística brasileiro, um dos principais players da indústria nacional, especialmente nesses tempos difíceis que o Brasil está passando. O acordo é para integrar serviços na modalidade “short distance” e cabotagem entre Rio e Açu, com início previsto já para junho deste ano.

Veja também

A parceria tornará viável o transporte marítimo de curta distância de unidades e cargas de projeto entre os portos brasileiros do Sudeste do país, estabelecendo uma rede integrada entre as companhias do Norte Fluminense, Espírito Santo e Minas Gerais, por meio do Terminal Multicargas do Porto do Açu (T-MULT).

O diretor de Terminais e Logística da Porto do Açu Operações, João Braz, destacou que “O acordo visa oferecer nova alternativa ao setor de logística brasileiro, responsável pela movimentação de bens e insumos fundamentais para a sociedade, notadamente neste momento sensível a nível mundial.”

“Trata-se também do pontapé para que o empreendimento se consolide como uma opção de fluxo de entrada e saída de cargas, com fluxos regional e global. Além disso, contamos com o diferencial de sermos um porto sem fila de espera e privado, onde as operações podem ser feitas de forma customizada, a fim de adaptar as movimentações às necessidades de cada cliente”, completou Braz.

A perpectiva é que o uso de comboios oceânicos possibilite a redução dos custos de logística e tráfego rodoviário, oferecendo maior segurança e previsibilidade, bem como sustentabilidade. O serviço de transporte terá capacidade de até 350 unidades por pernada, com saídas regulares, podendo atender às demandas regionais e às rotas de longo curso.

Iniciativa é uma alternativa logística, atraente e competitiva

“Este acordo coloca em evidência nossa visão sobre o serviço “feeder” como um instrumento necessário e complementar à grande cabotagem brasileira, principalmente por sua magnitude e distâncias. Como Açu, vamos comprovar o valor dessa alternativa logística, competitiva e atraente para clientes de diferentes segmentos”, informou Marcelo Bacellar, diretor Comercial e de Marketing da Norsul.

Operando desde 2014, o Porto do Açu já movimenta cargas como granéis sólidos, carga geral, minério de ferro e petróleo. Possui uma localização estratégica em São João da Barra-RJ, contendo 9 terminais, divididos em áreas offshore e onshore.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.

Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos