Petrobras retoma produção na Replan após liberação da ANP

Petrobras retoma produção na Replan após liberação da ANP
 

Após a vistoria da Agência Nacional do Petróleo refinaria Replan normaliza as atividades nas áreas afetadas pela explosão

Agência Nacional do Petróleo (ANP) após inspecionar as áreas afetadas pela explosão e verificar se há condições de segurança para retomada das atividades, desinterditou as instalações da Replan que foram afetadas pelo incêndio no dia 20 de agosto em Paulínia (SP). Segundo informações da Petrobras, a produção da refinaria alcançará 50%  em uma semana, sendo: dois dias para a destilação, três dias para as unidades de craqueamento catalítico e hidrotratamento e uma semana para as demais unidades não afetadas. A refinaria que é a maior da empresa, gera prejuízos altíssimos e afetam diretamente os negócios da Estatal.

A causa da explosão

O incidente iniciou  na caldeiraria de craqueamento e destilamento. O fogo  iniciou após a explosão do tanque de águas ácidas, que fica no craqueamento. A unidade tinha acabado de passar pela manutenção preventiva, que serve para detectar anomalias e avarias, procedimentos que são executados para evitar tragedias como a ocorrida na Replan. Equipes do corpo de bombeiros e da Defesa Civil e brigadas formadas por empresas próximas da refinaria  controlaram o incêndio evitado um prejuízo maior.

Capacidade Operacional da Replan

A replan não pode parar suas atividades ou ficar parada, “Ela é a nossa maior refinaria em capacidade de processamento de petróleo: 69 mil m³/dia, o equivalente a 434 mil barris. Sua produção corresponde a aproximadamente 20% de todo o refino de petróleo no Brasil, processando quase a sua totalidade de petróleo nacional, grande parte oriunda da Bacia de Santos (pré-sal)”. A refinaria aos poucos está voltando as atividades e segundo a Petrobras, em pouco tempo normalizara suas atividades.

Empresa Multinacional Offshore com Excelente oportunidade em Macaé

The following two tabs change content below.
Efraim Pereira

Efraim Pereira

Efraim Pereira, Cabo Frio, RJ, técnico de Mecanica e Estrutura Naval com mais de dez anos de experiencias no setor de Oléo e Gas no Brasil e no exterior como Especialista técnico em MWD/LWD e Hose Dunlop Oil & Marine.