Pesquisa da Firjan revela que 42,3% dos empregos que foram perdidos na pandemia, foram recuperados

Roberta Souza
por
-
01-12-2020 16:39:13
em Economia, Negócios e Política
Firjan, empregos

Firjan revela que o setor da indústria recuperou 15.225 vagas de emprego, do total de 36.010 vagas que foram perdidas de março a junho

A Firjan, Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, fez uma pesquisa que revelou que a indústria recuperou 15.225 vagas dos 36.010 empregos perdidos. O foco está no desempenho dos setores de produtos de metal, borracha e material plástico, que recuperaram os empregos perdidos e criaram novas vagas.

ANÚNCIO

Confira também outras notícias:

No setor do comércio, 31% das vagas perdidas foram recuperadas entre julho e outubro. Por outro lado, a pesquisa mostra que, desde julho, a taxa de desemprego acumulada no setor de serviços permanece negativa, com um total de 5.142.

O Estado do Rio de Janeiro em outubrocteve diversas contratações, com 16.271 novas vagas e contratos oficiais. Em setembro, o número de vagas abertas foi de 8.966, ante apenas 5.152 em agosto.

Em outubro, a indústria de transformação foi a que mais empregou (2.945), seguida pela construção civil (1.707) e serviços industriais de utilidade pública (307). A indústria extrativa apresenta balanço de pagamentos negativo de 146 empregos.

Sobre a Firjan:

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Firjan, atua como representante das indústrias fluminenses nos âmbitos municipal, estadual e nacional. A entidade, uma das cinco que formam o chamado Firjan, também promove debates e produz pesquisas, estudos e projetos que têm como fim o desenvolvimento sustentável do Rio de Janeiro. A prestação de serviços às empresas a ela filiadas objetiva o crescimento econômico industrial e social do estado fluminense.

A Firjan desenvolve ações na área econômica/empresarial, sendo fonte não só sobre questões do Estado do Rio de Janeiro, como também sobre questões nacionais. Dentre suas várias frentes de atuação, destacam-se:

  • Defesa da indústria: conselhos e fóruns empresariais direcionam as ações técnicas e políticas;
  • Projetos regionais: são desenvolvidos num esforço conjunto de empresas, organismos governamentais e instituições diversas;
  • Representações regionais: por meio delas, empresas fluminenses agem de forma integrada em projetos diversos, têm acesso garantido a informações relevantes e tornam suas ações conhecidas;
  • Responsabilidade social empresarial: essa prática consiste em apoiar políticas sociais por meio de parcerias que privilegiam a cidadania e beneficiam a sociedade.

⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos