Obras do Terminal 2 no Porto do Açú foram concluídas pela Acciona: Saibam as próximas etapas

A Acciona anuncia a conclusão das obras do Terminal Portuário T2, no Porto do Açu, em São João da Barra – RJ. Realizado para o cliente Prumo Logística, o projeto gerou mais de 3.400 empregos diretos, com 90% de mão de obra local. O município agora está preparado para entrar em uma nova era logística na indústria naval mercante e do petróleo finalmente.

O terminal, que demandou 21 mil toneladas de aço beneficiado e 350 mil metros cúbicos de concreto, foi construído utilizando a tecnologia do Kugira, um dos maiores diques flutuantes do mundo e de propriedade da Acciona, que chegou ao Brasil pela primeira vez em 2011 exclusivamente para este projeto. Com isso, o terminal é o primeiro no Brasil a ser erguido com blocos pré-moldados de concreto. No total, foram 2.800 metros de diques de proteção construídos com a tecnologia de caixões de concreto executados no Kugira. No total foram utilizados 42 blocos flutuantes.

A utilização desta tecnologia na construção do quebra-mar possibilitou uma redução de 8,5 milhões de toneladas de pedras no enrocamento. Além disso, este método possibilitou que não fossem emitidas 100 toneladas de CO2. “A Acciona comemora a conclusão e entrega desta obra de imensa importância. Foi um desafio técnico muito grande, que conseguimos realizar com muita qualidade e profissionalismo. A tecnologia do Kugira e o engajamento da equipe nos permitiu desenvolver um excelente trabalho”, afirma Flávio Luis Saraiva, diretor de construção da Acciona no Brasil.

O Terminal T2 foi construído para ser a porta de entrada, e proteção do mar aberto, do canal interno de navegação do Porto do Açu. Ele permitirá a passagem e ancoragem de grandes navios de granéis sólidos, produtos siderúrgicos, carvão, ferro-gusa, granito, granéis líquidos, carga geral e veículos, além de equipamentos e materiais destinados ao uso na exploração e produção de óleo e gás em plataformas offshore. O T2 possui 6,5 km de extensão, 13 mil metros de cais, 330 metros de largura e profundidade de 14,5 metros, e conta com uma área de frente ao canal interno, alugada às empresas de apoio às atividades offshore de petróleo e gás. Fonte Acciona

Trabalhe embarcado em 4 passos

Já imaginou um tipo de emprego ao qual você trabalha 6 meses e folga 6, além de um faturamento anual que ultrapassa fácil os 100 mil reais? Parece um sonho, mas é totalmente possível. O método 4 Passos Para Trabalhar Embarcado oferece todos os recursos que você precisa para trilhar o caminho rumo ao sucesso profissional, nas verdade nem precisa ter formação técnica ou superior, apenas vontade. Pessoas reais e comentários reais de profissionais que estão tendo sucesso com este material. Mas o método por si só não faz milagres, você têm que querer, desejar muito...  Não basta fazer cursos, estudar muito e torcer para que o mercado absorva você, o conhecimento é a chave, e esta chave você encontra no curso 4 Passos Para Trabalhar Embarcado clicando aqui.
The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior