Obras do aeroporto de Macaé receberam comitiva na última terça feira

Aeroporto de Macaé

Logo depois da aprovação por parte do governo da concessão do aeroporto de Macaé, comitiva visita as obras nesta terça feira (06/11).

Dando prosseguimento ao processo de recuperação econômica de Macaé e região, o aeroporto de cidade recebeu ontem (Terça feira – 06/11) uma comitiva composta por representantes da prefeitura local, Infraero e entidades da Indústria e Comércio para acompanhamento das obras de ampliação das pistas, que permitiram pousos e decolagens de aviões comerciais de 70 passageiros, segundo Wagner Martins, superintendente da Infraero, as obras de asfaltamento da pista serão entregues no próximo dia 15 e os serviços de balizamento e sinalização serão entregues até o dia 20 de dezembro, com isso o aeroporto estará liberado para operação, pois os processos de certificação pela ANAC ocorrerão em paralelo.

Cidade de Macaé luta para voltar a ser a capital nacional do Petróleo

O chamado Programa nacional de Desestatização (PND) dos aeroportos faz parte da Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e já estava previsto desde 2017, mas o ano eleitoral de 2018 e uma possível falta de tempo hábil preocupava a prefeitura de Macaé, porém um dos últimos atos do atual presidente, Michel Temer, no dia 05/11 (Segunda feira) , foi o de aprovar a concessão de diversos aeroportos como modalidade operacional de exploração por 30 anos em todo o país, fato que combinado com o atual estado avançado das obras do aeroporto enchem de otimismo os habitantes da cidade, visto que desde 2015, quando a Azul linhas Aéreas trocou sua frota de aeronaves  para mais pesadas, o aeroporto de Macaé estava impossibilitado de operar.

A volta dos voos comerciais a Macaé em 2019

Aliado ao bom momento da logística Macaense não podemos deixar de destacar que no último mês de março a Azul Linha Aéreas já havia informado a intenção de retornar a operar voos comerciais na cidade de Macaé para aviões de até 70 passageiros, fato que só faz crescer o otimismo de todos, pois aliada a conquista do Terminal Portuário e o investimento de capital privado, a cidade de Macaé pode reviver seus dias de capital nacional do Petróleo, fato que teria enorme importância na revitalização da economia e dos empregos em 2019.

Já que você já se atualizou sobre os aeroportos, clique aqui e veja mais noticias sobre o setor logístico e portuário. 

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)