O Porto do Açú atinge uma grande marca em seu Terminal Multicargas

Porto do Açú dois anos sem acidentes

O Porto do Açu comemora neste início de 2019 dois anos sem acidentes com afastamento

São um pouco mais de 3,15 milhões de horas sem um único acidente de trabalho. É o mesmo que um indivíduo trabalhar 24 horas por dia, por 359 anos, sem nunca se acidentar. Essa é a marca que a Porto do Açu comemora neste início de 2019, ao atingir 2 anos sem acidentes no Terminal Multicargas (T-MULT). No período, o terminal movimentou mais de 1 milhão de toneladas, 40 mil carretas e 57 embarcações, o que reforça mais ainda a competência e preocupação com seus colaboradores, operacionalmente falando.

Para celebrar o recorde, diretores da Porto do Açu e toda a equipe do T-MULT estiveram reunidos para atualizar a placa que estampa a quantidade de dias sem acidentes. “Esse marco demonstra nosso comprometimento com a Segurança das pessoas e de nossas operações”, ressaltou Tadeu Fraga, presidente da Porto do Açu Operações.

Unidade Offshore da GranIHC pode deixar o Porto do Açú

Acontece que ela conseguir fechar contrato com a Equinor para serviços de comissionamento e mobilização offshore na Bacia de Campos, neste momento, ela detém um Flotel docado no Porto do Açú que também deverá ser mobilizada para atividades no Campo de Peregrino.  Saibam mais aqui.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em embarcações e grandes navios. Apesar de pouco divulgado, este é um mercado dinâmico, com boa remuneração e escalas de folgas diferenciadas, em algumas empresas trabalha - se 6 meses por ano apenas.

Se você deseja saber o caminho para se trabalhar em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcante, assista o vídeo revelador que tenha ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.