1. Início
  2. / Automotivo
  3. / O carro elétrico solar será uma realidade este ano: com 1.600 km de autonomia, recarrega suas baterias de graça enquanto está estacionado e ao preço de um Toyota
Tempo de leitura 4 min de leitura Comentários 2 comentários

O carro elétrico solar será uma realidade este ano: com 1.600 km de autonomia, recarrega suas baterias de graça enquanto está estacionado e ao preço de um Toyota

Escrito por Noel Budeguer
Publicado em 23/04/2024 às 13:57
carro elétrico - carro solar - energia solar - painéis solares -
Descubra o Aptera 2024: o carro elétrico solar com autonomia de 1.600 km. Energia grátis e design revolucionário! Reserve já o seu a partir de US$26.500

Descubra o Aptera 2024: o carro elétrico solar com autonomia de 1.600 km. Energia grátis e design revolucionário! Reserve já o seu a partir de US$26.500

Parece uma utopia. Um carro elétrico solar que recarrega suas baterias gratuitamente enquanto está estacionado. E finalmente se tornará realidade este ano.

Aptera já tem pronto seu aguardado e desejado carro elétrico solar, que começará a produção em série este mesmo ano e que aos poucos vai dando passos importantes no seu processo de industrialização, mas também na sua comercialização internacional.

Estamos falando de um veículo tremendamente exótico que, além de seu design, abriu suas reservas desde 26.500 dólares (praticamente o preço de um Toyota Prius ou Camry nos Estados Unidos) e promete chegar a uma autonomia de até 1.600 quilômetros e recarregar até 64 quilômetros por dia com energia solar, enquanto está estacionado.

O Aptera é capaz de recarregar suas baterias enquanto está estacionado, ganhando até 64 quilômetros de autonomia grátis por dia em condições favoráveis.

Fonte. aptera.us

Energia grátis, recarregando estacionado ao sol

Dizíamos que o Aptera é um carro exótico, o que de alguma forma se torna um desafio maior para sua industrialização. O Aptera dispõe de um corpo monocoque em forma de gota de água e um design de eixos, com as suspensões e suas três rodas separadas da carroceria, que são chave para fazer com que este biplaza seja compacto, leve, mas acima de tudo aerodinâmico, para maximizar sua autonomia até números impossíveis para qualquer outro carro elétrico, mantendo baterias de capacidade, tamanho e massa razoáveis.

Aptera já enviou sua primeira carroceria completa, e de produção, para sua sede em Carlsbad, Califórnia. E trabalha no processo de produção da geometria das suspensões, com o objetivo de começar a produção em série no final de 2024.

Insistimos que o processo não foi simples. Falamos do design de um veículo com uma concepção revolucionária, a captação do investimento para levá-lo adiante e sobreviver até o processo que precede sua fabricação e, claro, sua industrialização. Esperávamos que Aptera lançasse seu carro elétrico solar em 2022 e, finalmente, sua produção em série começará, se cumprir com as datas limites que se marcaram, este ano de 2024.

A produção deste elétrico que oferecerá até 1.600 quilômetros de autonomia começará este ano

Fonte. aptera.us

Desde 26.500 dólares, até 1.600 km de autonomia

  • Aptera iniciou as reservas, com um depósito de 100 dólares. E fez isso com uma Launch Edition que por 33.200 dólares promete uma autonomia de 644 quilômetros e que terá painéis solares no teto, painel, capô e vidro traseiro, para alcançar sua recarga solar máxima, que em condições favoráveis poderia chegar a 64 quilômetros por dia.
  • Existirá uma versão com apenas 322 quilômetros de autonomia e menos painéis solares, bem como tração dianteira, que parte dos 26.500 dólares.
  • Se o configurarmos com todos os extras disponíveis, com todos os painéis solares e as baterias de 100 kWh, teríamos a versão com 1.609 quilômetros de autonomia e tração total, disponível por 48.300 dólares.

O Aptera baseia sua eficiência precisamente em sua construção leve e sua aerodinâmica, o que permite maximizar sua autonomia e também que cada kWh de recarga solar possa ser aproveitado ao máximo. Nosso ceticismo a respeito da possibilidade de um carro poder se recarregar estacionado ao sol, e obter resultados razoáveis, residia na baixa capacidade de produzir energia de um painel solar e, principalmente, nas limitações de superfície que oferece a planta de um automóvel para poder instalar geradores fotovoltaicos de maior potência.

Fonte. aptera.us

O carro elétrico solar de Aptera finalmente chegará este ano

Aptera anuncia a seus investidores que já fechou mais de 46.000 reservas e que poderia ser capaz de vender 10.000 unidades em 2025 e chegar a um mercado potencial de 600.000 unidades ao ano. Embora o início de sua produção será destinado aos Estados Unidos, Aptera se propôs uma projeção internacional do produto que, após o nada simples processo de adaptação e homologação, poderia fazer com que chegasse a outros mercados como o europeu.

Esses dias anunciava sua expansão para os Emirados Árabes Unidos, um mercado para o qual criou uma edição especial limitada a 53 unidades. Para acessar a ela, Aptera convidou investidores que entrando em seu capital com pelo menos 27.000 dólares poderão assegurar o direito de compra de uma delas.

Fonte: aptera.us

Inscreva-se
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Noel Budeguer

De nacionalidade argentina, sou redator de notícias e especialista na área. Abordo temas como ciência, petróleo, gás, tecnologia, indústria automotiva, energias renováveis e todas as tendências no mercado de trabalho.

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x