Nova usina de energia solar é aprovada no Ceará e vai gerar 1100 vagas de emprego

Ceará. energia solar. usina

” A nova usina de energia solar, pode gerar vagas de emprego”, foi oque o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) decidiu investir para o estado do Ceará com a aprovação da usina no Ceará

Na manhã desta quinta-feira (6) O Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) realizou a aprovação de forma favorável juntamente da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) de uma grande novidade: uma suína de energia solar chamado ate o presente momento de Bom Lugar Norte.

Leia também:

Segundo informações do portal da prefeitura do Ceará, foi divulgada uma nota com um relatório confirmando os padrões de conformidade do projeto da usina de energia solar. A legislação de controle e proteção do meio ambiente deu um parecer positivo aprovando o funcionamento da usina de energia solar, a mesma poderá gerar mais de 1.000 empregos até o ano que vem.

Impacto positivo com a chegada da usina de energia solar

Gerando mais vagas de emprego e oportunidades de estagio, tanto de forma direta quanto indiretamente, essa pode ser a solução para a economia do estado do Ceará. Essa sem dúvidas, era a exigência que faltava para que a Semace emitisse a licença de instalação do empreendimento, projetado para operar com seis usinas, gerar 216,7 megawatts, numa área de 454 hectares de três fazendas localizadas em Icó, na região Centro-Sul. O documento será emitido com uma lista de condicionantes, que ampliam o controle e asseguram a mitigação dos impactos ambientais.

Sobre o projeto da usina

Com esse projeto de uma usina de energia solar os impactos listados no estudo são mais positivos que negativos. De acordo com o biólogo responsável, Luis Augusto Cordeiro, “eles são relativamente menores que em plantas de energia eólica e muitos menores em relação à construção de uma usina hidrelétrica”.

Os impactos negativos serão mais frequentes durante a fase de instalação do complexo, quando são maiores os impactos positivos na economia da região. De acordo com o responsável técnico do empreendimento, Miguel Lobo, o Bom Lugar Norte gerará, na fase inicial, 400 empregos diretos e 700 indiretos. A obra está prevista para começar no segundo semestre de 2021 e deverá durar um ano.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.