Multinacional norte-americana de óleo e gás chega ao Brasil e busca novos contratos no setor


Multinacional norte-americana de óleo e gás chega ao Brasil e busca novos contratos no setor

A Deepsea Technologies se instala no Brasil e pretende firmar parcerias para atender contratos de óleo e gás com empresas que atuam no país

A companhia Deepsea Technologies enxerga um bom momento para estabelecer uma base no Brasil e trabalhar no mercado de óleo e gás. Isso devido principalmente ao fato da retomada do setor, não somente pela Petrobras, mas também com as novas operadoras de grande porte investindo no país, como a Equinor e a Shel, além das produtoras de pequeno porte. Petrobras divulga venda de fatia na Gaspetro, holding com 19 distribuidoras de gás natural no Brasil.

Você também pode conferir

A Deepsea Technologies, Inc. (DTI) projeta e fabrica uma ampla gama de produtos e equipamentos usados em projetos de desenvolvimento de campos de óleo e gás submarinos e está em atividade desde 2001. A empresa fornece equipamentos tanto para as grandes operadoras, como também para os demais níveis da cadeia, como as empresas de instalação e construção de equipamentos submarinos (subsea).

A companhia realizou um investimento para inaugurar uma unidade no estado do Espírito Santo, de onde pretende atender aos futuros contratos das empresas de óleo e gás instaladas no país.

Segundo o Sócio-Gerente da empresa de óleo e gás, Felipe Lamego, a Deepsea mantém conversas técnicas com a Petrobras e também está de olho em oportunidades no mercado de descomissionamento e nas demandas das petroleiras independentes que hoje operam no Brasil.

“Com as operadoras de grande porte, as oportunidades são vinculadas principalmente à perspectiva que existe no Brasil de aumento do número de projetos e do crescimento de investimentos que serão feitos. Não somente por parte da Petrobrás, mas também por outras empresas de grande porte que estão decididas a investir no Brasil. Enxergamos que o país passa a ser um mercado que não está 100% na mão da Petrobrás. Existem outras operadoras de porte equivalente à Petrobrás investindo no Brasil. O volume de trabalho vai crescer e existe abertura para participarmos desse mercado e dessa demanda, que já está acontecendo no Brasil”, afirmou Lamego.

TENHA UM CV ESPECÍFICO PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

Você gostaria de ter um currículo desenvolvido especialmente para uma vaga no meio marítimo, em plataforma, offshore ou cabotagem? Adquira seu currículo offshore formatado e específico aqui📄

Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos