Multinacional alemã vai investir R$60 mi para produção de turbinas de energia eólica no Brasil

Kelly
por
-
01-06-2020 16:48:06
em Energia Renovável
Multinacional alemã vai investir R$60 mi para produzir turbinas de energia eólica no Brasil Multinacional alemã vai investir R$60 mi para produzir turbinas de energia eólica no Brasil

Nordex, fabricante alemã de equipamentos para setor de energia eólica, investirá R$60 mi para produzir nova linha de turbinas no Brasil

A empresa alemã Nordex Energy, fabricante de equipamentos de energia eólica, pretende investir aproximadamente 60 milhões de reais para a produção de uma nova linha de turbinas no Brasil, segundo a Reuters. Os recursos serão destinados especialmente para a produção de moldes para as pás das máquinas e das torres, bem como para preparar a fábrica para a confecção das chamadas nacelles das turbinas, de acordo com executivo da empresa.

Veja também outras notícias

O modelo denominado de 5X, com capacidade unitária de até 5,5 megawatts, é a aposta da Nordex para conquistar contratos no setor de energia eólica no Brasil.

“Dependendo do lugar e das condições de vento, você pode ter máquinas de 5,1 MW, ou 5,3 MW, por exemplo, no mesmo local. Isso também é uma novidade desse modelo, ele pode ser otimizado ao máximo para cada posição (de turbina) dentro do parque”, informou o diretor da Nordex para o Brasil, Felipe Ramalho.

Segundo ele, a companhia já tem oferecido a máquina a clientes locais, conforme muitas empresas se preparam para disputar os leilões A-4 e A-6 do governo para a contratação de novos projetos de geração.

As máquinas que serão fabricadas no Brasil deverão seguir as exigências de conteúdo local do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o que permitirá o financiamento de sua compra com recursos do banco.

A capacidade de produção na nova linha no Brasil por ano, na fábrica na Bahia, será entre 600 MW e 700 MW, e a entrega dos primeiros equipamentos está prevista para ocorrer em meados de 2021.

A Nordex Energy iniciou projetos no mercado brasileiro em 2016, depois de concluída a fusão com os negócios em energia eólica do grupo espanhol Acciona, que já atuava no país.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe