Mineradora Nexa assina documento para fortalecer e ampliar a presença das mulheres na mineração


Mineradora Nexa assina documento para fortalecer e ampliar a presença das mulheres na mineração

Referência no setor de mineração, a Nexa firmou um acordo para promover maior participação das mulheres em atividades da empresa

Se aproximando o domingo 08 de março, data em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, uma excelente notícia para as profissionais femininas que desejam obter mais espaço no ramo da mineração. A Nexa assinou uma carta compromisso para inclusão de mulheres e incentivo à equidade de gênero em projetos da empresa no setor. Projetos da mineradora Vale demanda 62 vagas para ensino fundamental em diferentes especialidades.

Leia também

O documento foi assinado pelo CEO da companhia, Tito Martins, e firma uma parceria da mineradora com o Woman In Mining Brasil, movimento internacional que busca aumentar a participação feminina em todos os níveis na indústria da mineração. O ato também foi apoiado pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).

A iniciativa reafirma o compromisso da Nexa em proporcionar a inclusão das mulheres nas operações da mineradora. O Projeto Aripuanã, que está em fase de implantação no estado do Mato Grosso, tem uma meta de empregar uma marca de 50% em mão-de-obra feminina no quadro de funcionários de sua operação.

Segundo o Gerente Geral de Mineração do Projeto Aripuanã, Rodrigo Fonseca, “Desde sua concepção, o Projeto Aripuanã foi pensado para ser referência na valorização da mão de obra feminina, especialmente na fase de operação. O acordo firmado pela Nexa certifica o que já estamos construindo em Aripuanã. Sempre entendemos que lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive na mineração”.

“O cenário mudou ao longo dos anos e é uma conquista para todo o mercado, não só da mineração. Ser mulher não impede de exercer a minha profissão”, destaca Josiane Seixas, gerente de Planejamento de Mina de Aripuanã.

Vagas de emprego para trabalhar em empresa de mineração divulgadas hoje, 06 de março

A CBMM – Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração de nióbio, com sede em Araxá, Minas Gerais, atualizou o seu quadro com novas oportunidades de emprego, veja maiores detalhes clicando aqui.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.

Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos