Mercado de Umbilicais para a Petrobras a todo vapor

Mercado de Umbilicais para a Petrobras a todo vapor

fevereiro 16, 2019 Off Por Renato Oliveira

Negócios já concluídos e outros em vias de fechamento movimentam o mercado de Umbilicais da Petrobras para campos do pré-sal

Com as recentes descobertas de áreas exploratórias do pré-sal na bacia de Santos, um mercado emergente vem se beneficiando, é o de umbilicais para estes ativos da Petrobras.
Na semana passada entraram em vigor dois grandes contratos de umbilicais da Petrobras, envolvendo mais de R$ 240 milhões e aproximadamente 235 km de linhas de controle eletro-hidráulicas.

Destes dois, o maior contrato pertence a Oceaneering de cerca de R$ 141,4 milhões com 128,3 km de linhas destinadas aos campos de Búzios (de 1 a 4).
O outro pertence a Prysmian que tem o valor de R$ 104,6 milhões e prevê a entrega de 107,3 km de umbilicais para os campos de Sépia, Atapu e Berbigão.

Contratos futuros

Existem outros processos de licitação de umbilicais em andamento na Petrobras, como por exemplo os de Roncador e Farfan. Este último, porém pode ser cancelado e a Petrobras contrate o saldo de algum contrato existente para atender ao projeto.

Há ainda negociações em curso para adquirir 20,3 de linhas km para Atapu e Iracema Norte, no campo de Lula e conforme comenta-se no mercado, a MFX deve sair vencedora.

O campo de Mero, na área de Libra, operada pela Petrobras, também deverá ter ainda este mês, a entrega das propostas para fornecimento de umbilicais de aço (chamados de STU – Sigla em Inglês).

Vocês viram que a maior estatal do Brasil convocou a Modec para negociações exclusivas, na tentativa de encontrar uma solução para o afretamento de FPSO de Búzios-5, pela qual a Exmar da Bélgica era a concorrente de menor preço ? Clique aqui e leia a matéria completa !